Palestrantes / Mediadores / Debatedores do Congresso - Salas 1 e 6 e Observatórios da Sala 3

ADEMAR ARTHUR CHIORO DOS REIS

Graduado em Medicina pela Fundação Educacional Serra dos Órgãos (1986), com Residência em Medicina Preventiva e Social pela UNESP (1988). Mestre em Saúde Coletiva pela Unicamp (2001). Doutor em Ciências pelo Programa de Saúde Coletiva da UNIFESP (2011). Professor-adjunto C-II do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina/UNIFESP (área Política, Planejamento e Gestão em Saúde). Orientador permanente (mestrado e doutorado) do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da EPM/Unifesp. Membro do Laboratório de Saúde Coletiva - Lascol. Professor de Saúde Coletiva da Faculdade de Fisioterapia (Unisanta) e da Faculdade de Medicina (UNIMES), ambas de Santos-SP. Foi secretário municipal de saúde de São Vicente-SP (1993-1996) e de São Bernardo do Campo-SP (2009-2014). Foi presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems-SP) por três mandatos. Foi Diretor do Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde (2003-2005) e Ministro de Estado da Saúde (2014-2015).

ADRIANA ROCHA BRUNO

Pós doutora em educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa-PT, Doutora e Mestre em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e licenciada em Pedagogia. É professora associada do Departamento de Didática da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). É professora dos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Gestão e Avaliação da Educação Pública - ambos da UFJF. Foi coordenadora do Curso de Especialização Mídias na Educação (FACED/UFJF) de 2016 a 2019, membro do NDE - Núcleo Docente estruturante do Curso de Pedagogia - UFJF. de 2014 a 2019. Foi professora do Depto. de Educação, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) de agosto de 2008 a setembro de 2019. É Professora de Educação online e cibercultura, de Didática e de Currículo. É líder do Grupo de Pesquisa Aprendizagem em Rede - GRUPAR, que conta com pesquisadores e estudiosos envolvidos em investigações sobre as Docências contemporâneas, a Aprendizagem do adulto em ambientes em rede e a formação docente em meio à Cultura Digital. É parecerista AdHoc da ANPED (GT 16), ENDIPE, ABCiber, ESUD, além de diversos periódicos nacionais e internacionais. Como Bolsista CAPES, no período de 2015-2016, -fomento para participação no Programa Pesquisa Pós-doutoral no Exterior na Universidade de Lisboa-Portugal, desenvolveu pesquisa em 3 universidades públicas portuguesas em Lisboa sobre as Docências no Ensino Superior. Iniciou em 2018 duas pesquisas: 1) Educação Aberta e Cultura Digital: docênciaS, curadoria, redes sociais, percursos e espaços (trans)formativos, fomentado pelo Edital Universal FAPEMIG de novembro de 2018, e 2) o Projeto Tecnologias e metodologias digitais na elaboração e na aplicação de itens de avaliação para a Educação Básica, fomentado pelo Edital de Pesquisa do CAED em julho de 2018. Tem desenvolvido pesquisas com fomento da FAPEMIG, da CAPES e é membro de duas redes internacionais de pesquisa: REGIET (Red Internacional de Grupos de Investigación en Educación y Tecnología, UPM), COLEARN (Collaborative Open Learning, The Open University). Coordenou os tutores a distância do Curso de Pedagogia - FACED-UFJF-UAB (2009-2015). Foi vice-coordedadora do Curso de Pedagogia da UFJF (2017 a 2018). Foi Coordenadora de Inovação Acadêmica e Pedagógica no Ensino Superior (CIAPES) junto à PROGRAD-UFJF no período de 2011 a 2014. Foi professora da PUCSP entre 2004 e 2008, no Departamento de Fundamentos da Educação, como professora de Didática para as licenciaturas e docente nos Cursos: Tecnologias e Midias Digitais e Comunicação e Multimeios. Foi professora da Educação Básica por 17 anos. Experiente na área de Educação, pesquisa, principalmente a partir dos seguintes temas: Formação de professores, Docência no Ensino Superior, Educação online e cibercultura, Didática, Aprendizagem de adultos, Neurociência e neuropsicologia, Linguagem emocional e Educação, mídias e tecnologias.

ALEXANDRE KALACHE

Epidemiologista médico especializado no estudo do envelhecimento. Desde 2012, ele é presidente do Centro Internacional de Longevidade-Brasil (ILC BR) e desde 2015 é co-presidente da Aliança Global de Centros Internacionais de Longevidade (ILC-GA). Anteriormente, ele dirigiu o programa de envelhecimento global da Organização Mundial da Saúde em sua sede em Genebra, após uma carreira acadêmica em grande parte nas Universidades de Londres e Oxford no Reino Unido. Kalache pesquisou, escreveu e falou no campo das questões do envelhecimento como acadêmico, funcionário público internacional e advogado.

ALEXSANDRO CARDOSO CARVALHO

Chefe da Divisão de Gestão da Informação da STI, Co-gestor do Escritório de Dados Estratégicos Institucionais (E-Dados), membro do Comitê Gestor de Dados Abertos da UNIFESP, conselheiro fiscal do Capítulo Brasileiro da Internet Society.

ALVARO NAGIB ATALLAH

Graduação em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (1973), Mestrado em Master of Science In Clinical Epidemiology - University of Pennsylvania (1997) e Doutorado em Medicina (Nefrologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1979), Livre Docência pela Universidade Federal de São Paulo (1990). Atualmente é Professor Titular e Chefe da Disciplina de Medicina de Urgência e Medicina Baseada em Evidências da Universidade Federal de São Paulo, Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saúde Baseada em Evidências da UNIFESP, Diretor do Centro Cochrane do Brasil, Diretor Eleito da Cochrane Collaboration International (2015-2016) e Diretor Científico da Associação Paulista de Medicina. Áreas de interesse: Medicina Baseada em Evidências, Revisões Sistemáticas, Metanálises, Nefrologia, Clínica Médica, Hipertensão na Gestação e Pesquisa Clínica.

ANA CRISTINA GALES

Médica infectologista, docente da UNIFESP/EPM e pesquisadora 1A do CNPq, publicou mais de 200 artigos científicos sobre atividade in vitro de novos antimicrobianos e resistência antimicrobiana. Editora associada dos periódicos científicos mSphere, Journal of Global of Antimicrobial Resistance e Brazilian Journal of Infectious Diseases. Ex-coordenadora clínica e geral do Comitê Brasileiro de Teste de Sensibilidade a Antimicrobianos (BrCAST). Laureada com Prêmio CAPES-Elsevier 2014 pela contribuição com a produção científica nacional, e, recentemente, selecionada como uma das 50 Mulheres Protagonistas pela plataforma Open Box da Ciência, pela destacada atuação de mulheres no meio científico nacional.

ANA LÚCIA NEMI

Professora Associada III. Possui Mestrado em História social pela Universidade de São Paulo (1994), Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade de Campinas (2003), pós-Doutorado em História pela Universidade de São Paulo e pela Universidade de Lisboa (2006), pós-doutorado pela Unicamp (2012) e pós-doutorado pela FMUSP (2017). Tem experiência na área de História, com ênfase em Historiografia e História Ibérica Contemporânea, História e historiografia da saúde pública, intelectuais e processos de ocidentalização. Coordenou a Comissão da Verdade Marcos Lindenberg da Unifesp e coordena o Núcleo de Estudos Ibéricos da mesma instituição. É professora de História Contemporânea na Universidade Federal de São Paulo e do Programa de Pós-graduação em História da mesma instituição. Também coordena o Núcleo de Estudos Ibéricos da Unifesp.

ANA MARIA DO ESPIRITO SANTO

Possui graduação em Física pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP, mestrado em Tecnologia Nuclear - Área Materiais pela USP/IPEN e doutorado em Ciência dos Materiais pela USP/IPEN. Fez especialização no Instituto de Física Aplicada da Swiss Federal Institute of Technology (Écòle Polytechnique Fédèrale de Lausanne, Suisse) - Área: Física da Matéria Condensada - monocristais e filmes cristalinos semicondutores para células fotovoltaicas). Sócia-fundadora da Associação Brasileira de Análise Térmica e Calorimetria (ABRATEC) e da Sociedade Brasileira de Crescimento de Cristais (SBCC). Membro da Sociedade Brasileira de Física (SBF). Tem experiência na área de Crescimento de Cristais, caracterização das propriedades físicas, ópticas e estruturais de materiais inorgânicos, atuando principalmente nos seguintes temas: cristais iônicos, processos de purificação a partir da fusão, fibras monocristalinas. Na área de bioengenharia, na investigação de tecidos biológicos duros (hidroxiapatita). Atualmente é Professora Adjunto em regime de Dedicação Exclusiva no Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-São José dos Campos). Faz parte do corpo docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais da UNIFESP. É colaboradora voluntária no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN), Centro de Laser e Aplicações (CLA).

ANA PAULA MORALES

É pesquisadora e jornalista de ciência, com ampla experiência em comunicação nas áreas de ciência, tecnologia e ensino superior. Cientista de formação (biomédica com mestrado em farmacologia), especializou-se em jornalismo científico, área em que atua há 12 anos. Trabalhou por oito anos como assessora de comunicação no governo do estado de São Paulo, nas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) e de Ensino Superior (extinta em 2011). Fez parte da equipe que criou a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), onde atuou como assessora de comunicação até 2017. É editora executiva da revista Ciência & Cultura, um dos veículos de divulgação científica mais antigos do país, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). É pesquisadora associada do Labjor/Unicamp, onde faz pesquisas em percepção pública em ciência, tecnologia, saúde e educação e ministrou disciplinas de Oficina de Jornalismo Científico e de Jornalismo de Dados. Atualmente, faz doutorado em política científica e tecnológica no DPCT-IGE-Unicamp. É sócia-fundadora da consultoria DATA14 e coordenadora da Agência BORI.

ANA REGINA NOTO

Psicóloga, com Mestrado e Doutorado em Psicobiologia. Professora do Departamento de Psicobiologia da Unifesp. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa sobre Saúde e Uso de Substâncias (NEPSIS), do Centro de Pesquisa e Formação em Mindfulness MBRP. Idealizadora do Projeto SER-Unifesp

ANA VALÉRIA SANTOS DE LOURENÇO

Graduação em Química pela Universidade Federal de São Carlos (1999), mestrado em Ciências (área de concentração: Química Inorgânica) pela Universidade Federal de São Carlos (2002) e doutorado em Ciências (área de concentração: Química Inorgânica) pelo Instituto de Química da USP (2010). O pós-doutorado, no Instituto de Química - USP, - desenvolveu marcadores luminescentes à base de terras raras para a detecção da lipoproteína de baixa densidade oxidada. Atua como docente junto ao curso de Ciências - Licenciatura, desde 2013. É orientadora credenciada no Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática. Atualmente, sua linha de pesquisa está relacionada com o ensino de ciências e a pesquisa em ensino de ciências, particularmente Química, dedicando-se principalmente à interdisciplinaridade, ensino-aprendizagem (aprendizagem significativa), recursos didáticos e divulgação científica.

ANDERSAN DOS SANTOS PAULA

Graduada em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense (2000) - Volta Redonda/RJ, mestrado em Ciência dos Materiais pelo Instituto Militar de Engenharia (2002) - Rio de Janeiro/RJ, e doutorado em Ciência dos Materiais pela Universidade Nova de Lisboa (2006) - Lisboa/Portugal. Logo após se doutorar passou a fazer parte da equipe de colaboradores da Divisão de Metrologia de Materiais (DIMAT) do INMETRO na condição de pesquisadora bolsista - Xerém/RJ. Posteriormente, trabalhou como pesquisadora e coordenadora de Projetos Especiais no Centro de Pesquisas da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) - Volta Redonda/RJ. Em paralelo, iniciou sua carreira como docente nos cursos de Engenharia, Design e Administração do UniFOA em Volta Redonda/RJ. Passou a dedicar exclusivamente a carreira de docente e pesquisadora no Departamento de Engenharia Metalúrgica e Materiais (VMT) da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Volta Redonda / RJ (Set/2009-Fev/2015). Atualmente como professora Associada I e pesquisadora, em regime de dedicação exclusiva, lotada no Departamento de Engenharia de Materiais (SE-8) do Instituto Militar de Engenharia (IME), atua tanto nos cursos de graduação em Engenharia Metalúrgica/Materiais e Pós-Graduação em Ciência dos Materiais (Mestrado e Doutorado) (Fev/2015-atualmente). Tem experiência na área de Engenharia Metalúrgica e de Materiais, com ênfase em Tratamentos Térmicos, Mecânicos e Químicos, atuando principalmente nos seguintes temas: conformação mecânica, evolução microestrutural/mecânica e textural (Microscopia Óptica e Eletrônica, e Difração de Raio X), transformações de fase com ênfase a transformações martensíticas não-termoelásticas e termoelásticas. Em 2017 iniciou a condução de estudos relacionados a manufatura aditiva via fusão seletiva a laser para produção de ligas a base de NiTi, atualmente coordena interinstitucional (IME, Rio de Janeiro/RJ x IEAv, São José dos Campos/SP x UFF, Volta Redonda/RJ x IPT, São Paulo/SP) um projeto com este tema do edital Pró-defesa IV da CAPES.

ANDRE RONCAGLIA DE CARVALHO

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003), mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007), doutorando visitante na University of Massachusetts Amherst (2014) e doutorado em Economia do Desenvolvimento pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP (2015). Atualmente é Professor Adjunto C-1 da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Geral, atuando principalmente nos seguintes temas: inflação e política monetária, economia monetária, macroeconomia do desenvolvimento, história do pensamento econômico, economia financeira e economia brasileira

ANDREA RABINOVICI

É bacharel e licenciada em Ciências Sociais (IFCH-UNICAMP, 1992 e 1994), especialista em Turismo Ambiental (SENAC-SP, 1998), mestre em Ciência Ambiental (PROCAM- USP, 2002) e doutora em Ambiente e Sociedade (NEPAM - UNICAMP, 2009). Atualmente ocupa cargo de chefe de Gabinete da Reitoria da Unifesp. Ocupou cargo de Pró-Reitora de Assuntos Estudantis entre fevereiro de 2013 à julho de 2017. É professora Associada da Universidade Federal de São Paulo, campus Diadema, no Departamento de Ciências Ambientais, na Área de Ética, Ambiente e Sociedade e também é docente do Mestrado Acadêmico em Análise Ambiental Integrada Foi docente da UFSCAR, Sorocaba com a qual manteve vínculo como professora e orientadora no Mestrado Profissional em Sustentabilidade em Gestão Ambiental (PROSGAM) até o final de 2018. É também docente colaboradora do Mestrado Profissional em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável da Escola Superior de Conservação Ambiental Sustentabilidade (ESCAS), ministrando cursos e participando dos comitês de orientação. Lecionou em várias instituições de ensino superior particulares entre 2001-2007. Atuou voluntariamente como Diretora de Projetos do Instituto Physis Cultura & Ambiente até 2010. É avaliadora de cursos superiores pelo INEP/MEC. Foi co-editora executiva da Revista Ambiente e Sociedade. É revisora e parecerista do periódico Revista Brasileira de Ecoturismo, da Revista Ambiente e Sociedade, da revista Turismo em Análise, Revista Brasileira de Educação Ambiental, do Caderno de Ciências Sociais e da Revista Rosa dos Ventos. Atua na interface das áreas de ciências sociais (antropologia), meio ambiente e turismo, com temas variados tais como ambientalismo, Organizações Não Governamentais, processos participativos, populações tradicionais, turismo de base comunitária, quilombolas, áreas protegidas, inclusão social, ética e meio ambiente e educação ambiental.

ANGELICA T VIEIRA

Bióloga pela Faculdade Metodista Integrada Isabela Hendrix, mestre e doutora em Bioquímica e Imunologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e Doutorado sandwish na Austrália no Garvan Medical Research. Possui Pós-doutorado em genética, em Microbiologia e Imunologia pela UFMG. E fez Pos-doutorado no CNRS em Strasbourg na França. Atualmente é profesora Adjunta no departamento de Bioquimica e Imunologia no ICB-UFMG. É membra afiliada da Academia Brasielira de Ciências (ABC). E já recebeu prêmios como o "Young Woman in Science" e o Thereza Kipnis (promovidos pela Sociedade Brasileira de Imunologia, e o "Para mulheres na ciência 2018" promovido pela Loreal-Unesco-ABC.

ANNA M. CANAVARRO BENITE

Doutora e Mestre em Ciências e Licenciada em Química (UFRJ/ 2005). Professora Associada IV da Universidade Federal de Goiás onde coordeno o Laboratório de Pesquisas em Educação Química e Inclusão- LPEQI desde 2006, grupo de pesquisa registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e que também conta com financiamento deste mesmo órgão. Institui em 2009 o Coletivo CIATA- Grupo de Estudos sobre a Descolonização do Currículo de Ciências, cujas ações desenvolvidas renderam em 2013 - Diploma de Reconhecimento por ação cotidiana na luta pela defesa, promoção e proteção dos direitos humanos em Goiás; em 2014 - Honra ao Mérito pela Assessoria Especial para Direitos Humanos e Cidadania; 2016- Prêmio Mulher Combativa; 2018 ? Professora Homenageada nomeando o Centro Acadêmico de Licenciatura Plena em Ciências da UNIFESP Diadema; 2018 - Reconhecimento pela competência, dedicação e Profissionalismo; 2019- Prêmio SBPC/GO de Popularização da Ciência; 2019 - Honra ao Mérito em reconhecimento à luta em defesa da educação em Goiás; Sou militante do Grupo de Mulheres Negras Dandaras no Cerrado. Fui coordenadora do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência do curso de Licenciatura em Química do IQ - UFG entre 2016-2019. Fui representante do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado de Goiás nos anos de 2016 -2017. Membro do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial - CNPIR. (2016/2018), Coordenadora da Rede Goiana Interdisciplinar de Pesquisas em Educação Inclusiva- RPEI. Membro da Associação Brasileira de Pesquisa em Ensino de Ciências. Fui Presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as Gestão 2016-2018. Sou secretária Executiva da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros/as Gestão 2108-2020. Assessora da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás. Sou pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Ensino de Ciências (NUPEC) da UFG, com financiamento do CNPq e do FINEP. Orientei 05 alunxs de doutorado, 15 alunxs de mestrado e 36 alunos de Iniciação Científica até o presente momento. Atualmente, oriento 4 alunos de mestrado e 10 alunos de doutorado pelo PPGQ E PPGECM da UFG. Publiquei até o momento 93 artigos em periódicos especializados. Tenho 13 capítulos de livro publicados. Finalmente atuo na área de Ensino de Química com foco na cultura e história africana no ensino de ciências, ensino de ciências de matriz africana e da diáspora, cibercultura na educação inclusiva, Mulheres Negras nas Ciências e políticas de ações afirmativas.

ANTONIO MANUEL SEIXAS SAMPAIO NOVOA

Possui graduação em Ciências da Educação pela Universidade de Lisboa(1976), mestrado em Ciências da Educação pela Universite de Geneve(1982) e doutorado em Ciências da Educação pela Universite de Geneve(1986). Atualmente é professor catedrático da Universidade de Lisboa.

ARNALDO LOPES COLOMBO

Médico infectologista, Professor Titular de Doenças Infecciosas, Pesquisador IA do CNPq

BERENICE BENTO

Professora do Departamento de Sociologia (UnB) e pesquisadora do CNPq. Pós-doutorado pela City University of New York (CUNY/EUA/2014). Coordenou o I Seminário Internacional Desfazendo Gênero (2013/UFRN). Além de publicar em periódicos nacionais e internacionais, é autora dos livros “A reinvenção do corpo: gênero e sexualidade na experiência transexual” (Garamond, 2006, 1a. edição; EdUFRN, 2014, 2a. ed.; Devires, 3a. ed); “O que é transexualidade “ (Coleção Primeiros Passos/Brasiliense, 2012, 2ª. ed.); “Homem não tece dor: queixas e perplexidades masculinas” (EdUFRN, 2013); “Estrangeira: uma paraíba em Nova Iorque” (Annablume, 2016); “Transviad@s: gênero, sexualidade e direitos humanos” (EdUFBA,2015). Realizada pesquisas na interface de Sociologia e Antropologia, nos temas: colonialidades, estudos queer, direitos humanos e marcadores sociais da diferença (sexualidade, gênero, raça/etnia). Agraciada em 2011 com o Prêmio Nacional dos Direitos Humanos.

BOAVENTURA DE SOUSA SANTOS

Boaventura de Sousa Santos é Doutorado em Sociologia do Direito pela Universidade de Yale (1973) e Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Distinguished Legal Scholar da Universidade de Wisconsin-Madison. Foi também Global Legal Scholar da Universidade de Warwick e Professor Visitante do Birkbeck College da Universidade de Londres. É Director Emérito do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

BRENDA BARBOSA DA SILVA

Educadora Popular, Assistente Social, Mestra em Mudança Social e Participação Política (USP) e discente do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Políticas Sociais da UNIFESP Baixada Santista

BRUNA BENEVIDES

Autora da pesquisa anual “Dossiê da violência e do assassinato contra pessoas trans brasileiras”. Compõe o Sistema de Monitoramento da violência LGBTIfobica na america latina e caribe. Membra da diretoria da ANTRA e ABGLT e Vencedora do Prêmio Faz Diferença do Jornal O Globo.

BRUNO KONDER COMPARATO

Engenheiro Naval e cientista social, é doutor em ciência política (USP), e professor associado do departamento de ciências sociais da Unifesp. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Unifesp. Coordenador do Escritório de Integridade Acadêmica da Unifesp. Editor da revista Lua Nova, publicada pelo CEDEC.

CAMILA ZENTNER TESCHE

Camila Zentner Tesche é formada em Pedagogia com especialização em Educação Infantil pela Universidade de São Paulo (USP), esteve na coordenação pedagógica da Escola da Prefeitura de Guarulhos Manuel Bandeira durante dez anos. Atualmente trabalha como Coordenadora de Programas Educacionais na Secretaria Municipal de Educação.

CAMILO DE LELLIS SANTOS

Professor Adjunto da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-Diadema), possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e doutorado em Ciências (Fisiologia Humana) pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). Desenvolveu projeto de pós-doutorado no ICB-USP e na Université Laval no Canadá. Possui expertise em regulação neuroendócrina e mecanismos moleculares de ação dos glicocorticoides em ilhotas pancreáticas. Coordena o Laboratório de Experimentação e Educação em Fisiologia (LExEF), um grupo de pesquisa focado no desenvolvimento e investigação de metodologias ativas de aprendizagem e tecnologias no ensino de biologia, com foco no ensino de anatomia e fisiologia. É membro coordenador do GADEA (Grupo de Apoio a Docência, Ensino e Aprendizagem) da UNIFESP-Diadema. Atualmente, coordena pesquisas em ciências da aprendizagem e estratégicas didáticas no ensino de biologia com ênfase no uso de smartphones e tecnologias móveis no ensino, bem como educação para prevenção de obesidade e comorbidades.

CAMILO DIAS SEABRA PEREIRA

Biólogo com MEstrado, Doutorado e Pós Doutorado em Oceanografia, atuação na área de Ecotoxicologia com ênfase em poluição marinha por contaminantes emergentes. Os trabalhos mais recentes abordam metais, microplásticos, fármacos e drogas ilícitas. Professor do BICTMar e Engenharia Ambiental, PPG Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar, PPG Análise Ambiental Integrada

CATARINA SEGRETI PORTO

Professora Titular da Escola Paulista de Medicina-Universidade Federal de São Paulo, coordenadora do tema Oncologia no Programa CAPES-PrInt e atua principalmente com a expressão, regulação, sinalização intracelular e função dos receptores estrogênicos em câncer prostático independente de andrógenos e no câncer testicular.

CATARINE AURORA NOGUEIRA PEREIRA

Estudante de Design Educacional, da turma de 2020, formada em Letras pela USP. É professora de português no Ensino Fundamental, e já atuou como professora em cursinhos populares e como revisora de texto em editora.

CLAUDIA FEGADOLLI

Doutora em Enfermagem em Saúde Pública pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) com estágio pós-doutoral na Universidade do Oriente de Santiago de Cuba (Programa MES-CUBA Projetos Capes). É docente na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), campus Diadema, dirigente do Núcleo de Estudos em Práticas Farmacêuticas na Saúde Coletiva (Unifesp) e pesquisadora junto ao Grupo de Pesquisa sobre Medidas em Saúde (GPEMSA/USP- Ribeirão Preto). Coordenadora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família Unifesp/Abrasco-Fiocruz e do Programa de Educação pelo Trabalho Pet-Interprofissionalidade Unifesp- Secretaria Municipal de Saúde de Diadema. Coordena o Observatório do Uso de Medicamentos e outras drogas.

CLINEU DE MELLO ALMADA FILHO

Geriatra, Mestre e Doutor pela UNIFESP, Professor Afiliado e Chefe da Disciplina de Geriatria e Gerontologia da EPM-UNIFESP

CLÁUDIA ALINE AZEVEDO DOS SANTOS MESQUITA

Licenciada e Mestre em Matemática pela Universidade Federal do Pará. Doutora pelo programa de Pós-graduação em Matemática do IMECC/UNICAMP. Desde 2014 faz parte do corpo docente do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - Campus de São José dos Campos. Possui experiência na área de Equações Diferenciais Parciais com ênfase em Equações Elípticas e Equações Parabólicas, das quais pesquisa aspectos como existência, unicidade e simetria em espaços singulares, auto-similaridade e comportamento assintótico. Na área de ensino, é coordenadora de um destacável projeto de monitoria em disciplinas básicas da Matemática do ICT - UNIFESP desde 2017. Faz parte do corpo docente de dois programas de pós-graduação em sua área, onde um deles é voltado a capacitação de professores de Matemática do ensino médio. Em 2017 participou do evento "World Meeting for Woman in Mathematics 2018", ocorrido no Rio de Janeiro - Brasil, desde então participa de eventos e grupos que buscam discutir, analisar e combater a questão do racismo e de gênero nas Ciências exatas.

CLÁUDIA MASCARENHAS

Psicóloga Psicanalista diretora clínica do instituto viva infancia

CONVIDADOS ESPECIAIS: ASSESSORES DO PET SAÚDE INTERPROFISSIONALIDADE DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

CRISTINA ROSSI NAKAYAMA

Cristina Rossi Nakayama é bióloga e mestre em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos, doutora e pós-doutora em Microbiologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP. Foi gerente de projeto no Consórcio Sul-Americano de Vida Marinha Antártica, trabalhou em projetos de monitoramento ambiental pela C&C Technologies e atualmente é professora associada no Departamento de Ciências Ambientais da UNIFESP, campus Diadema. Desenvolve pesquisa na área de processos microbianos, com foco na produção e consumo de metano, e voltados para a remediação de áreas contaminadas e ao monitoramento ambiental no Brasil e na Antártica.

CYNTHIA ANDERSEN SARTI

Professora Titular de Antropologia na Unifesp (EFLCH), diretora da Editora Unifesp e diretora de Publicação na FapUnifesp.

DAISY MARIA FÁVERO SALVADORI

DAISY MARIA FÁVERO SALVADORI Graduada em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1981), Mestre (1986) e Doutor (1991) em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado no Laboratório de Mutagênese Química da da Universidade de Leiden - Holanda (1992-1993). Atualmente, é Pesquisador da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP, Membro do Corpo Editorial do periódico Genetics and Molecular Biology e Membro do Conselho de Administração da Associação Parque Tecnológico Botucatu - SP. Foi Presidente da Associação Brasileira de Mutagênese e Genômica Ambiental, Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Patologia (UNESP), Membro da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio; Coordenadora do Comitê de Assessoramento (CA) do CNPq na Área de Genética. Atua na área de Genética, com ênfase em Mutagênese Ambiental, Toxicogenômica e Nutrigenômica

DANIEL ARAKI RIBEIRO

Professor Associado Livre Docente do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo - Campus Baixada Santista. Bolsista produtividade do CNPq, nível 1C, índice h=40, com mais de 6000 citações na literatura. Trabalha na área de carcinogênese, mutagênese, toxicogenômica e areas afins.

DANIEL JOSÉ LINS LEAL PINHEIRO

Doutorando no programa de pós-graduação em Neurociências/Neurologia na Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP), no qual obteve título de Mestre (2019). Bacharel em Ciência e Tecnologia (2015) e em Engenharia Biomédica (2018) pelo Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (ICT - UNIFESP). Atualmente trabalha com pesquisas e projetos na Disciplina de Neurociência e no Núcleo de Neuroengenharia e Computação da EPM-UNIFESP e ICT-UNIFESP, respectivamente, no qual atua na parte de processamento e análise de sinais eletrofisiológicos, instrumentação biomédica e estatística. Atua principalmente nos seguintes temas: processamento de sinais, neuroengenharia, imagens biomédicas, biotecnologia.

DANIEL PANSARELLI

Professor na Universidade Federal do ABC, onde já foi Pró-Reitor de Extensão e Cultura e atualmente é Secretário-Geral. Presidiu o Fórum de Pró-Reitores e Pró-Reitoras de Extensão das Instituições Públicas de Ensino Superior - FORPROEX, e coordenou o Colégio de Extensão - Coex - da ANDIFES. É filósofo e doutor em Educação pela Faculdade de Educação da USP

DANIELA SANTORO ROSA

Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica (2001), Doutorado em Microbiologia, Imunologia e Parasitologia pela Universidade Federal de São Paulo (2006) e Doutorado sanduíche no Institut Cochin- INSERM, Paris (2004-2005). Realizou Pós-Dourado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Atualmente é professora Associada do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da Universidade Federal de São Paulo e chefe da Disciplina de Imunologia. Tem experiência na área de Imunologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento e avaliação de novos candidatos vacinais contra o HIV, Zika e Chikungunya e o Estudo da privação de sono na imunidade.

DANTE LANGHI

Professor afiliado do Departamento de Oncologia Clínica e Experimental da Universidade Federal de São Paulo - (UNIFESP). Professor Orientador Pleno do programa de Pós Graduação - Mestrado Profissionalizante em Hemoterapia e Biotecnologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP. Assessor "ad hoc" da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. Diretor do Serviço de Hemoterapia dos Hospitais São Camilo de São Paulo. Diretor do Laboratório Imunolab. Coordenador, da Hemorrede do Estado de São Paulo, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular - ABHH.Membro do Conselho Curador da Fundação Butantan.

DANTE MARCELLO CLARAMONTE GALLIAN

Docente e diretor do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde (CeHFi) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Desde 2005 participa como professor e pesquisador visitante do Centre de Recherches Historiques da École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris, França e, desde 2011, como visiting researcher do Center of Humanities and Health do Kings College London, UK. É professor de História da Medicina para o curso médico da UNIFESP, de História e Filosofia das Ciências e Bioética para os cursos Biomédico e de Enfermagem e coordenador do Laboratório de Humanidades da mesma universidade. Participa como professor-orientador dos Programas de Pós-Graduação "Ensino em Ciências da Saúde" do CEDESS da UNIFESP e "Saúde Coletiva" do Departamento de Medicina da UNIFESP. Suas linhas de pesquisa são Humanidades e Saúde, História Oral e Narrativas em Saúde, Espiritualidade e Saúde. É pesquisador da FAPESP, CNPq e do Kings College London. Ganhador do Prêmio Viva Leitura 2014 (Organização dos Estados Iberoamericanos, Ministérios da Cultura e Educação e Fundação Santillana) pelo projeto "Laboratório de Humanidades".

DEBORAH GUIMARÃES DA SILVA FREIRE

Pós graduanda em Docência do Ensino Superior (lato sensu) pela Universidade Guarulhos, graduanda em Superior de Tecnologia em Design educacional e possui bacharel e licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo ? Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Atualmente é professora tutora da Universidade Guarulhos nas disciplinas de (1) Metodologia da Pesquisa Científica, (2) Ética e Cidadania e (3) Filosofia, Ética e Cidadania (4) Responsabilidade Socioambiental e (5) Questões Étnico-Raciais. Também tem experiência na educação ?não formal? como arte educadora no SESC e ministrava aulas de Sociologia na rede pública do Estado de São Paulo. Foi membro do (1) Grupo de Estudos e Pesquisa Educação e Classes Sociais (CEPECSO) - Unifesp e também do (2) Centro Interdisciplinar de Gênero (CIG). Possui experiência nas áreas de Educação, Tecnologia e Estudos de Gênero, Mulheres e Esporte.

DEBORAH SUCHECKI

Graduada em Biomedicina pela Universidade de Santo Amaro (1983), mestrado em Farmacologia pela Escola Paulista de Medicina (1987) e doutorado em Psicobiologia pela Universidade Federal de São Paulo (1990). Realizei meu pós-doutorado na Stanford University, entre 1990 e 1993, no Laboratório de Psicobiologia do Desenvolvimento, no Departamento de Psiquiatria e Ciências do Comportamento. Sou Professora Associada, Livre-Docente, da Universidade Federal de São Paulo, no Departamento de Psicobiologia - Disciplina de Psicofarmacologia. Atuo como assessora "ad hoc" do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, além de prestar assessoria para diversos periódicos estrangeiros e faço parte do Corpo Editorial dos periódicos Frontiers in Endocrinology - Neuroscience section, Frontiers in Behavioral Neuroscience. Minha atuação profissional tem se concentrado em pesquisa e docência em graduação e pós-graduação nas áreas de Psiconeuroendocrinologia e Neurobiologia da Vulnerabilidade e Resiliência o estresse durante o desenvolvimento do sistema nervoso central e o desencadeamento de transtornos psiquiátricos. Os projetos de pesquisa que oriento e supervisiono, desde iniciações científicas até pós-doutorados, estão inseridos na linha de pesquisa sobre as Consequências fisiológicas e emocionais do estresse ao longo da vida. Coordeno o Grupo de Pesquisa do CNPq Neurobiologia do Estresse desde 2008. Em 2017 fui indicada para ser a Coordenadora Institucional do PIBIC-PIBITI da UNIFESP e eleita para a Diretoria da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento no cargo de Secretária Geral; também participo do Conselho da recém fundada Pan-American Neuroendocrine Society.

DENISE CALUTA ABRANCHES

Possui graduação em Odontologia - Universidade Paulista (2001), Mestrado em Odontologia - Universidade Paulista , Doutorado em Ciências (Medicina - Otorrinolaringologia) pela Universidade Federal de São Paulo e Pós Doutorado pela Universidade Federal de São Paulo . Possui Especializações em Endodontia e Informática em Saúde. Habilitações de Odontologia Hospitalar e Laserterapia - CFO. Coordenadora do Serviço de Odontologia do Hospital São Paulo - SPDM - Universidade Federal de São Paulo. Coordenadora de Área (Odontologia) Residência Multiprofissional - Universidade Federal de São Paulo. Presidente da Câmara Técnica de Odontologia Hospitalar do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo. Assessora da Diretoria do Conselho Regional de Odontologia. Membro da Câmara de Instrução da Comissão de Ética do CROSP. Diretora do Departamento de Odontologia Hospitalar da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas - APCD. Membro da Divisão Saúde do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia - COMSAUDE FIESP. Membro do GT em Odontologia Hospitalar do Ministério da Saúde. Professora Adjunta da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço - Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

DENISE MIYUKI KUSAHARA

Profa. Adjunta do Departamento de Enfermagem Pediátrica da Escola Paulista de Enfermagem da Unifesp.

DIRCEU BARTOLOMEU GRECO

Médico infectologista, Professor Emérito da UFMG, Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (2019-2021), Co-coordenador da Comissão Internacional de Bioética (Unesco Paris). É membro da Comissão Nacional de Aids. Foi membro da Comissão de Consenso de Tratamento do HIV para adultos e da Comissão de Vacinas anti-HIV do DIAHV do Ministério da Saúde. Possui Título de Especialista em Infectologia (SBI) e Alergia-Imunologia Clínica (ASBAI). Eleito para a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) (2007-2010). Publicou 155 artigos em periódicos especializados e 115 trabalhos em anais de eventos. Possui 25 capítulos de livros publicados, 105 itens de produção técnica. Orienta e/ou orientou 24 dissertações de mestrado e co-orienta ou co-orientou 8, 15 teses de doutorado e co-orienta ou co-orientou onze. Atua na área de medicina, com ênfase em doenças infecciosas e parasitárias, imunologia clinica e ética. Em suas atividades profissionais interagiu com 232 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Paticipa ou participou como consultor de diversas instituições nacionais e internacionais no desenvolvimento de diretrizes em saúde pública, ética, HIV/AIDS, Tuberculose, incluindo no Ministério da Saúde do Brasil, Secretarias de Saude do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte, Associação Médica Mundial, OMS, UNAIDS, UNITAID, UNESCO, UNICEF, CIOMS. Os termos mais frequentes relacionados à sua produção científica, tecnológica são: HIV, Aids, ética, bioética, sistema imunólogico, prevenção e tratamento do HIV e das hepatites virais, esquistossomose mansoni, tuberculose e Covid 19. De julho de 2010 a junho de 2013 foi o Diretor do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil. Foi membro das Câmaras Técnicas de Bioética e de Infectologia do Conselho Federal de Medicina. Foi Professor Visitante (2014) na London School of Hygiene and Tropical Medicine.

DOM WALMOR OLIVEIRA DE AZEVEDO

Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, MG - Brasil. Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma (Itália) e mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico, em Roma (Itália). Membro da Congregação do Vaticano para a Doutrina da Fé. Dom Walmor presidiu a Comissão para Doutrina da Fé da CNBB. Também exerceu a presidência do Regional Leste II da CNBB - Minas Gerais e Espírito Santo. É o Ordinário para fiéis do Rito Oriental residentes no Brasil e desprovidos de Ordinário do próprio rito. Autor de numerosos livros e artigos. Membro da Academia Mineira de Letras. Grão-chanceler da PUC-Minas.

DRAUZIO VARELLA

Drauzio Varella é médico cancerologista formado pela USP. Nasceu em São Paulo, em 1943. Foi um dos fundadores do Curso Objetivo, onde lecionou química durante muitos anos. Foi um dos pioneiros no tratamento da aids, especialmente do sarcoma de Kaposi, no Brasil. Na Rede Globo, dr. Drauzio participou das séries sobre o corpo humano, primeiros socorros, gravidez, combate ao tabagismo, planejamento familiar, transplantes e diversas outras, exibidas no Fantástico. Na Amazônia, região do baixo rio Negro, Drauzio Varella dirige um projeto de bioprospecção de plantas brasileiras com o intuito de obter extratos para testá-los experimentalmente em células tumorais malignas e bactérias resistentes aos antibióticos. Esse projeto, apoiado pela FAPESP, é realizado nos laboratórios da UNIP (Universidade Paulista) em colaboração com o Hospital Sírio-Libanês. Site oficial: https://drauziovarella.uol.com.br

DULCE BARBOSA

Professor Titular e Livre Docente, do Departamento de Enfermagem Clínica e Cirúrgica da Escola Paulista de Enfermagem da UNIFESP. Pesquisador 1B do CNPq. Membro Titular do Comitê de Ética em Pesquisa da UNIFESP. Tem desenvolvido pesquisa na área clínica sustentada por metodologias laboratoriais da área básica com destaque a infecção hospitalar, insuficiência renal, morbidade e mortalidade relacionada ao atendimento à saúde de indivíduos portadores de afecções renais e HIV/AIDS, submetidos à terapia de alta complexidade. Diretora de Comunicação e Publicações da Associação Brasileira de Enfermagem; Editora Chefe da Revista Brasileira de Enfermagem, membro titular da Rede de Editores de Enfermagem do Centro Colaborador da Organização Mundial de Saúde.

EDILENE CRISTINE DE OLIVEIRA BRITO MORIKAWA

Edilene Morikawa é pedagoga, mestranda em Educação; trabalha única e exclusivamente como agente de transformação humana desde 1987. Todos seus esforços e ações são direcionadas para uma educação para o século XXI numa lógica democrática, participativa e solidária. Em 2012, após retornar do Japão, onde trabalhou com educação por 10 anos, colaborou na criação da Escola Projeto Âncora, juntamente com o Prof. José Pacheco da Escola da Ponte. Hoje, responsável pedagógica pela Escola Aberta de São Paulo, desenvolve com a comunidade escolar uma educação pautada na autonomia e no aprendizado por Projetos que rompem a seriação e a separação por idades, inspirada na Escola da Ponte.

EDSON GIULIANI RAMOS FERNANDES

Possui Pós-doutorado pelo Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade de São Paulo (EESC/USP, 2016); Doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (IFSC/USP, 2012), com estágio no exterior (UVa/Valladolid, Espanha - onde também trabalhou como pesquisador com bolsa da União Europeia, GoodFood Project); mestrado em Materiais para Engenharia pela Universidade Federal de Itajubá; e Graduação em Engenharia Elétrica (Eletrônica), pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI, 2002) e em Física Licenciatura (UNIFEI, 2018). Foi pesquisador na EMBRAPA/Instrumentação Agropecuária, professor do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP), de 2012 a 2013, e professor da Universidade Federal de Itajubá (ICE/UNIFEI), de 2005 a 2006, onde também foi monitor de Cálculo I e II, por 6 anos. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo (ICT/UNIFESP) . É Membro Titular da Comissão de TCC do Curso de Engenharia Biomédica (ICT/UNIFESP), Membro Titular da Comissão Própria de Avaliação interna (SCPA) e membro da Comissão Técnico Científica do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT-CTC (UNIFESP).

EDUARDO ALEXANDRINO SERVOLO DE MEDEIROS

Professor Associado e Livre-Docente da Disciplina de Infectologia do Departamento de Medicina da Unifesp. Realizou sua graduação em Medicina, Residência Médica e Especialização em Infectologia , Título de Especialista em Infectologia Hospitalar em 2017, Mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias, Doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias, Livre-Docência. Atualmente, é presidente da CCIH do HSP - Hospital Universitário da Unifesp, desde março de 2002. Neste momento da pandemia de COVID-19, está envolvido em diversos projetos de pesquisa na avaliação da história natural, na prevenção e no tratamento do SARS-CoV-2.

EDUARDO MORAES REGO REIS

Possui graduação em Ciências do Meio Aquático pela Universidade do Porto, Portugal (1993) e doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela Universidade de São Paulo (2000). Estágio de Pós-doutoramento na Universidade de São Paulo (2000-2005). Pesquisador Visitante no Cold Spring Harbor Laboratory, NY, EUA (2008-2010). Atualmente é Professor Associado no Departamento de Bioquímica, Instituto de Química, Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular e Genômica Funcional, atuando principalmente nos seguintes temas: Análise de transcriptomas, identificação de marcadores moleculares em câncer e doenças complexas, bioinformática, anotação e caracterização funcional de RNAs não-codificadores.

ELBERT EINSTEIN NEHRER MACAU

Possui graduação (1984), mestrado (1989) e doutorado (1993) em Engenharia Eletrônica, sub-área Sistemas em Controle, todos obtidos no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Fez o pós-doutorado junto ao "Chaos Group" da Universidade de Maryland em College Park, sob a supervisão dos professores Celso Grebogi e Ed Ott. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), bolsista de Produtividade em Pesquisa 1A do CNPq, membro de comitês científicos da Associação Brasileira de Engenharia e Ciências Mecânicas, Sociedade Brasileira de Automática, International Astronautical Federation, Society for Industrial and Applied Mathematics e da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional, da qual ocupou o cargo de Diretor de Publicações entre 2009 e 2013. No INPE, foi membro eleito do Conselho Técnico Científico da instituição, representando a carreira de pesquisa. É docente do programa de pós-graduação em Ciência da Computação da UNIFESP e docente do programa de pós-graduação em Computação Aplicada do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). É editor associado das seguintes publicações científicas: Communication in Nonlinear Science and Numerical Simulation; International Journal of Bifurcation and Chaos; International Journal of Dynamics and Control; Discontinuity, Nonlinearity, and Complexity; Journal of Aerospace Engineering. É editor convidado da Philosophical Transactions of the Royal Society, International Journal of Bifurcation and Chaos, Mathematical Problems in Engineering. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Controle de Processos Eletrônicos e Retroalimentação, atuando principalmente nos seguintes temas: caos, sistemas dinâmicos não-lineares, aplicações da Teoria de Sistemas Dinâmicos, controle de caos, sincronização , redes complexas e mecânica celeste. Foi o responsável pela implantação dos sistemas de aquisição de dados e controle para ensaios de satélites do Laboratório de Integração de Testes (LIT), além de atuar no desenvolvimento, integração e testes de vários satélites brasileiros, incluindo do satélite de comunicações Brasilsat B2.

EMILIANO DE CAMARGO DAVID

Emiliano de Camargo David Psicólogo, mestre e doutorando em Psicologia Social (PUC-SP). Professor do Instituto SEDES Sapientiae (curso de Especialização “Saúde Mental e Reforma Psiquiátrica: Clínica e Política na Transformação das Práticas”). Integrante do Instituto AMMA Psique e Negritude. Integrante do Núcleo de estudos e pesquisas Lógicas Institucionais e Coletivas – PUC SP. Integrante do GT Racismo e Saúde da ABRASCO.

ESPER KALLAS

Prof. Titular do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias do HC, FMUSP

ESTHER SOLANO GALLEGO

Possui Mestrado em Ciências Sociais - Universidad Complutense de Madrid (2009) e doutorado em Ciências Sociais - Universidad Complutense de Madrid (2011). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de São Paulo no curso de Relações Internacionais, professora do Mestrado Interuniversitário Internacional de Estudos Contemporâneos de América Latina da Universidad Complutense de Madrid e no Mestrado América Latina e a União Europeia: uma cooperação estratégica, Instituto Universitario de Investigación em Estudios Latinoamericanos, Universidade de Alcalá de Henares. Tem experiência na área de Sociologia, com o tema principal de sociologia política. Conselheira do Instituto Vladimir Herzog. Colunista da Carta Capital.

EUGÊNIO BUCCI

Professor Titular da Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP). Membro do Conselho Científico-Cultural do Instituto de Estudos Avançados da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e do Conselho Editorial da revista Pesquisa Fapesp, entre outros conselhos. Escreve quinzenalmente na página 2 do jornal "O Estado de S. Paulo". Na Editora Abril, foi diretor de redação das revistas Superinteressante e Quatro Rodas e Secretário Editorial. Foi presidente da Radiobrás de 2003 a 2007. Ganhou o prêmio Luiz Beltrão de Ciências de Comunicação, na categoria Liderança Emergente (2011) e o Prêmio Esso de Melhor Contribuição à Imprensa (2013) pela Revista de Jornalismo ESPM, entre outros. Escreveu, entre outros livros, O Estado de Narciso (2015) e A Forma Bruta dos Protestos (2016), ambos pela Companhia das Letras, e Existe Democracia sem Verdade Factual (2019), pela Editora Estação das Letras e Cores.

EUNICE NAKAMURA

Professora Associada da Universidade Federal de São Paulo - Campus Baixada Santista, com atividade docente na graduação e na pós-graduação (Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde) e líder do grupo de pesquisa Laboratório Interdisciplinar Ciências Humanas, Sociais e Saúde (Diretório de Grupos de Pesquisa - CNPq). Em sua trajetória acadêmica destacam-se atividades de ensino, extensão e pesquisa na interface entre a Antropologia e a Saúde Coletiva, em especial na área de Ciências Sociais e Humanas em Saúde, relacionadas aos temas: antropologia da saúde, aspectos socioculturais da saúde, saúde mental e infância. É Editora Científica da Revista Saúde e Sociedade.

EVANIZA RODRIGUES

Evaniza Rodrigues é militante da União dos Movimentos de Moradia e do Movimento Sem Terra Leste 1. É assistente social, mestre em arquitetura e urbanismo e atua na área de elaboração e gestão de propostas de política urbana e habitacional nos movimentos populares e na capacitação de atores sociais. Trabalha com programas autogestionários de habitação.

EVERTON VIESBA-GARCIA

É pós-graduando do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PECMA-UNIFESP); coordenador adjunto do Programa de Extensão Universitária Escolas Sustentáveis; idealizador e coordenador adjunto do Observatório de Educação e Sustentabilidade da Unifesp. E professor contratado da SEDUC/SP. Possuí pós-graduação lato sensu em Tecnologias e Formação em Educação a Distância e Educação Ambiental e Sustentabilidade. Também foi bolsista PIBID/CAPES, PIBEX/UNIFESP e bolsista da Fundação Grupo Boticário - Instituto BiomaBrasil.

FABRÍCIO COBRA ARBEX

Mestre em Direito das Relações Sociais - Direitos Difusos e Coletivos pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP (2013). Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de São Paulo - USP (2004) e graduação em Ciências Econômicas pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP (1998). Já foi Subprefeito da Vila Mariana, Secretário de Estado do Turismo e Secretário Adjunto da Casa Civil e atualmente ocupa o cargo de Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Gestão na Prefeitura de São Paulo.

FABRÍCIO NOGUEIRA FURTADO

Médico Cardiologista e pós graduando do Programa de Pós Graduação da Cardiologia da Unifesp. Diretor e fundador da plataforma Paciente 360.

FELIPE SANTA CRUZ

Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), conquistou o título de Mestre em Direito e Sociologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Nos últimos 12 anos, Felipe Santa Cruz foi Conselheiro Seccional, Diretor do Departamento de Subseções, Presidente da Caixa dos Advogados, Conselheiro Federal, Presidente da Seccional OAB/RJ por dois mandatos (triênios 2013-2015 e 2016- 2018) e, atualmente, ocupa o cargo de Presidente Nacional da OAB (2019-2021).

FERNANDA GASPAR DO AMARAL

Fernanda é Biomédica, especialista em Análises Clínicas, doutora em Fisiologia pela USP, professora do Departamento de Fisiologia da UNIFESP e divulgadora científica. É coordenadora do Laboratório de Neurobiologia da Pineal, estudando os mecanismos de síntese e ação da melatonina, e a ritmicidade biológica. Atua na divulgação científica através da coordenação da página Pineal e Melatonina (https://facebook.com/pinealemelatonina), do blog Pineal e Melatonina (medium.com/@pinealemelatonina) e da conta no Instagram (https://www.instagram.com/pinealemelatonina/).

FERNANDA MIRANDA DA CRUZ

Professora Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo, Campus Guarulhos-SP e Bolsista Produtividade do CNPq (PQ2). Possui graduação em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas- UNICAMP, onde também obteve seu titulo de mestre e doutora. Doutora em Lingüística pela UNICAMP (2008) e em Sciences du Langage pela École Normale Supérieur en Lettres et Sciences Humaines (ENS-LSH), Lyon, França. Pós-doutorado pela UNISINOS-RS em Linguistica Aplicada. Coordenadora do NUCCA- Núcleo de Cultura, Corpo e Arte. Interessa-se pelas relações entre corpo, gestos, linguagem. Tem compartilhado de problemáticas do campo dos estudos multidisciplinares em interação corporificada. Tem atuado em terrenos de fronteiras, tais como a normalidade e a patologia (autismo, Alzheimer).

FERNANDO SFAIR KINKER

Pró-reitor adjunto de graduação, professor do curso de Terapia Ocupacional da Unifesp, área de saúde mental

FERNANDO ZASSO PIGATTO

Presidente do Conselho Nacional de Saúde, Diretor de Saúde da CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores) e presidente da FEGAMEC (Federação Gaúcha das Uniões de Associações de Moradores e Entidades Comunitárias). Formação: Gestor Ambiental.

FLÁVIA CALÉ DA SILVA

Presidenta da Associação Nacional de Pós graduandos.Mestranda no Programa de História Econômica na FFLCH- USP. Possui graduação em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012). Tem experiência na área de História, com ênfase em História .

FLÁVIA RIBEIRO MACHADO

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais. Fez residência de clínica médica na Santa Casa de Belo Horizonte, residência em infectologia na Universidade de São Paulo. Mestrado em Infectologia e Medicina Tropical pela Universidade Federal de Minas Gerais, doutorado em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Universidade de São Paulo e Livre Docência pela Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é professora adjunta livre docente e chefe do Setor de Terapia Intensiva da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Universidade Federal de São Paulo.

FLÁVIO GERALDO REZENDE DE FREITAS

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2001). Fez residência médica de Clínica Médica (FHEMIG - 2003) e Medicina Intensiva (UNIFESP - 2005). Doutorado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (2012). Atualmente é Professor Adjunto da da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Universidade Federal de São Paulo. Suas principais linhas de pesquisa são monitorização hemodinâmica e sepse.

FRANCISCO DE ASSIS DE SOUZA FUKUMOTO

Aluno do curso Superior de Tecnologia em Design Educacional (TEDE) pela UNIFESP, e da Pós graduação em Empreendedorismo e Inovação (lato sensu) pelo CREA/UNESP/UNIVESP, possui bacharelado em Engenharia Industrial Elétrica pela Universidade Sâo Judas Tadeu, especialização em Tecnologia da Informação (lato sensu) pela Universidade Paulista e MBA (lato sensu - CEAG) pela Fundação Getúlio Vargas. Atua na área de TI e Telecomunicações há 30 anos, e atualmente ocupa a função de Gerente de Network Design na British Telecom.

FREDERICO PEREIRA BRANDINI

Graduado em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (1976), Mestre em Oceanografia Biológica pela Tokyo University of Fisheries (1981) e Doutor em Oceanografia Biologica pelo Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (1986). Pós-Doutorado no Instituto Alfred-Wegener (Alemanha) como bolsista da Fundação Humboldt (1991-1992). Foi Professor Assistente-Adjunto-Associado do Centro de Estudos do Mar da Universidade Federal do Paraná (1981-2008), da qual recebeu o título de Professor Emérito (2009). Atualmente é Professor Titular do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo.Tem experiência na área de Oceanografia Biológica, com ênfase em Planctonologia e Produção Primária do Fitoplâncton. Publicou diversos artigos sobre produção primária e dinâmica populacional de comunidades planctônicas em ambientes costeiros e de plataforma continental na região sul do Brasil e em regiões oceânicas do Atlântico Sul-Ocidental e Antártica. Estudos recentes envolvem a formação e o papel ecológico dos máximos subsuperficiais de clorofila na Região Sueste-Sul do Brasil. Os principais projetos de extensão envolvem a implantação de recifes artificiais na plataforma do Estado do Paraná com o objetivo de proteger a biodiversidade marinha e apoiar a pesca artesanal. Tem publicado regularmente artigos de divulgação científica como colunista colaborador da revista online O Eco desde 2005.

GABRIEL ALVES

Gabriel Alves é jornalista e escreve principalmente sobre ciência e saúde para a Folha de S.Paulo e trabalha na área de estratégia digital na farmacêutica Novartis. É graduado em biomedicina pela Unifesp (2007) e doutor em biologia estrutural e funcional pela mesma instituição (2014); é bacharel em matemática aplicada e computacional pela USP (2018). Em 2014 deu o pontapé inicial em sua carreira jornalística na Folha, onde trata de temas que vão do átomo à doença de Alzheimer; também já foi blogueiro e colunista do jornal. Ganhou duas vezes o Prêmio Impa-SBM de Jornalismo, em 2018 e 2019, do Instituto de Matemática Pura e Aplicada e da Sociedade Brasileira de Matemática; foi um dos vencedores, na categoria ciência e tecnologia, do Prêmio Petrobrás de Jornalismo em 2017; ficou em primeiro lugar no prêmio SBD de Imprensa, da Sociedade Brasileira de Diabetes, em 2019.

GABRIELA DE BRELÀZ

Presidente do Congresso Acadêmico - Unifesp - 2020. Professora da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios da Universidade Federal de São Paulo. Graduação em Administração pela Fundação Getulio Vargas - SP (2000), mestrado em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas - SP (2007) e doutorado em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas - SP (2012). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: advocacy, organizações da sociedade civil, democracia, participação e sociedade civil.

GABRIELA REIS

Gabriela Reis apoia organizações e empreendedores no desenho de projetos, negócios e serviços mais humanos, inovadores e que promovam impacto positivo para a sociedade, tornando-a mais justa e inclusiva. Já atuou junto a clientes diversos como grandes empresas, startups e pequenos empreendedores ao redor do Brasil, tendo experiências, por exemplo, com ribeirinhos e indígenas no Pantanal. Formada e Mestre em Design, além de pós-graduada em Gestão de Marcas, Gabriela agora está se aventurando no estudo da neurociência e comportamento humano. Atua como professora convidada da Fundação Dom Cabral, é consultora associada da Yunus Negócios Sociais (organização mundial fundada pelo Nobel da Paz Muhammad Yunus), além de co-fundadora e membro alumni do Global Shapers Belo Horizonte (uma iniciativa do Fórum Econômico Mundial que reúne jovens líderes ao redor do mundo).

GILBERTO BERCOVICI

Professor Titular de Direito Econômico e Economia Política da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário). Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (1996), é Doutor em Direito do Estado pela Universidade de São Paulo (2001) e Livre-Docente em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo (2003). A ênfase da sua produção está voltada para as áreas de Direito Econômico, Economia Política, Teoria do Estado, História do Direito Público e Teoria da Constituição, desenvolvendo pesquisas em torno dos temas de Estado e Subdesenvolvimento, Desenvolvimento Econômico, Papel do Estado na Economia, Política Econômica e Soberania.

GIOVANA ZOCOLI

Giovana Zocoli é responsável pelo engajamento global e estratégia no Science Museum Group do Reino Unido. Trabalhou na Embaixada Britânica no Brasil nos setores de tradução e visitas políticas, e no gabinete do Embaixador e Vice embaixador do Reino Unido no Brasil. Bacharel em Letras Tradução pela Universidade de Brasília, Giovana mudou-se para o Reino Unido para completar seu mestrado em Relações Internacionais (Conflitos Internacionais e Gênero) pela Royal Holloway University of London e, em 2016 se juntou ao Science Museum Group, onde trabalha com parcerias internacionais e estratégicas que vão desde o compartilhamento de conteúdo, oportunidades de desenvolvimento do setor, consultorias e engajamento com agendas governamentais (nacionais e internacionais). Giovana atualmente gerencia as parcerias latino-americanas do SMG.

GULNAR AZEVEDO E SILVA

Professora titular de epidemiologia do Instituto de Medicina Social - UERJ e Presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva – ABRASCO.

GUSTAVO FONSECA

Gustavo Fonseca dedica-se a pesquisa na área de ecologia para melhor entender os mecanismos que estruturam as comunidades de fundos não consolidados.Atualmente é docente no Instituto do Mar da Universidade Federal de São Paulo (Imar-UNIFESP)

GUSTAVO JOSÉ SILVA PEREIRA

Professor Adjunto no Departamento de Farmacologia, Campus São Paulo, UNIFESP. Doutorado e Mestrado realizados pelo Programa de Pós Graduação em Farmacologia na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM) no Instituto Nacional de Farmacologia e Biologia Celular com ênfase em Farmacologia Experimental e Molecular. Doutorado Sanduiche no Laboratório de Biologia Celular e Molecular no Lazzaro Spallanzani National Institute for Infectious Diseases, Roma, Itália. Realizou Pós-doutorado em Farmacologia na UNIFESP/EPM. Colaborador em projetos nacionais e internacionais que envolvem a modulação da Autofagia em Modelos Celulares de Doenças.

HANNA KAREN MOREIRA ANTUNES

Profissional de Educação Física, Professora Associado do Departamento de Biociências do Campus Baixada Santista -Unifesp; Vice-Coordenadora do Curso de Educação Física - Unifesp; Coordenadora da Câmara de Pós-Graduação e Pesquisa do Campus Baixada Santista - Unifesp.

HELENA BONCIANI NADER

Helena B. Nader possui título de bacharel em Ciências Biomédicas pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) (1970), licenciatura em Biologia pela Universidade de São Paulo (1971), doutorado em Biologia Molecular pela Unifesp (1974), pós-doutorado na University of Southern California (1977) com bolsa da Fogarty (NIH). É professora titular da Unifesp (1989), bolsista de produtividade do CNPq (nível 1A), membro titular da Academia de Ciências de São Paulo (1989), da Academia Brasileira de Ciências (1999), da World Academy of Science (TWAS) for the Advancement of Science in Developing Countries (2013) e da ACAL ( Academia de Ciencias de América Latina, 2018). Recebeu diversas honrarias: Classe Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico (2002); Classe Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (2008); Professor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005); Prêmio Scopus 2007 (Elsevier/Capes); Medalha de Ouro Moacyr Alvaro (2012); Medalha Mérito Tamandaré (Marinha do Brasil) (2013); Ordem do Mérito Naval, classe Grã-Mestra, Marinha do Brasil (2015); Ordem do Mérito da Defesa, grau Oficial, Presidência da República (2016); Medalha Carneiro Felippe, Comissão Nacional de Energia Nulear (CNEN) (2016); Classics in Cell Biology, Sociedade Brasileira de Biologia Celular (SBBC), 2018; Science Service Award, Federação de Sociedades de Biologia Experimental, FESBE 2018; Ordem do Mérito Naval, grau Comendador do quadro Suplementar, Marinha do Brasil, 2018; Grão-Mestre da Ordem Nacional do Mérito Educativo, Presidência da República, 2018; entre outros. Atualmente é vice-presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC, 2019-2011) e co-Presidente da InterAmerican Network of Academies of Sciences (IANAS, 2019-2021). Exerceu várias funções administrativas entre elas a Pró-Reitoria de Graduação (1999-2003) e de Pós-Graduação e Pesquisa da Unifesp (2007-2008). Foi membro e coordenadora do CABF do CNPq e adjunta do comitê de Biológicas II da CAPES, membro da coordenação de biologia da Fapesp (2006-2018), presidente da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq, 2009-2010), vice-presidente (2007-2011), presidente (2011-2017) e presidente de honra (desde 2017) da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). É membro de diversos conselhos, como Conselho Superior da Capes. É assessora de diversos periódicos nacionais e internacionais. Professor visitante da Loyola Medical School (Chicago, USA), W. Alton Jones Cell Science Center (NY, USA), Istituto Scientifico G. Ronzoni (Milão, Itália) e Opocrin Research Laboratories (Modena, Itália). Seus trabalhos envolvem glicoquímica e glicobiologia estando voltados para o estudo da estrutura e função biológica de proteoglicanos, em especial de heparina e heparam sulfato, com especial ênfase a função desses compostos na hemostasia, no controle da divisão celular e na transformação celular.

HENRIQUE DA COSTA EVANGELISTA

Designer educacional e Assistente de Coordenação e projetos educacionais. Formando em Design Educacional TEDE UNIFESP. Estudante de Especialização em Educomunicação e Pedagogia UNIVESP.

HILDEBRANDO BRITO DE MIRANDA

Cirurgião dentista pela FOP - Unicamp. Monge sacerdote do Mosteiro de São Bento de São Paulo. Mestre em teologia dogmática pelo Pontifício Atheneo Sant’anselmo-Roma. Professor da faculdade de São Bento de São Paulo.

HOUTAN NOUSHMEHR

Possui graduação em Ciências Fisiológicas e História pela University da Califórnia, Los Angeles (UCLA) (1999); mestrado em Biologia pela Universidade do Estado da California (CSULA), Los Angeles (2003); mestrado em Bioinformática pela Johns Hopkins University (JHU) (2006) e doutorado em Genética pela Universidade do Sul da California (USC) (2011). Fez pós-doutorado na área de genética na Universidade do Sul da Califórnia. Tem experiência nas áreas de Biologia Geral, com ênfase em Biologia Molecular; Epigenética; metilação de DNA; Câncer; estudo do genoma. Participou da análise de dados obtidos do consórcio “Human Genomics Cancer Research”. É experiente em delinear e/ou no desenvolvimento de algoritmos em Bioinformática/Biologia Molecular para a análise de enorme quantidade de dados (high throughput data), enfocando no estudo do genoma, genética, epigenética, epigenoma em humanos. Experiência em ensino online e na criação e organização de cursos.

IAGO MONTALVÃO

Estudante de Economia da USP e presidente da União Nacional dos Estudantes na gestão 2019-2021.

ILDEU DE CASTRO MOREIRA

Presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Doutor em física pela UFRJ, ele é professor do Instituto de Física e do programa de pós-graduação em história das ciências da UFRJ. Realizou estágios de pesquisa na França, na École Polytechnique e na Universidade de Paris VII. Trabalha nas áreas de física teórica (sistemas não-lineares), história da ciência, em particular história da ciência no Brasil, e comunicação pública da ciência. Foi chefe do Departamento de Física Teórica do Instituto de Física (UFRJ) em 1987. Foi editor científico da revista Ciência Hoje (1988/96) e membro de comitês editoriais de diversas revistas científicas e de divulgação. Foi membro da Equipe de Transição Governamental do Governo Federal, 2002, setor C&T. Coordenou a Comissão Executiva do Ano Mundial da Física (2005) no Brasil e foi membro da Comissão Interministerial do Centenário do Voo do 14 bis (2006). Coordenou a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2004 a 2012. Foi membro do Comitê Temático (2005-2007) e do Comitê Assessor de Divulgação Científica do CNPq (2008-2012). Pertenceu aos Conselhos da Sociedade Brasileira de História da Ciência (1990/1994), da Sociedade Brasileira de Física (1999/2003) e da SBPC (2003/2007; 2011-2015). Em 2007 recebeu o Prêmio (Especialista) da RedPop – Red de Popularización de la Ciencia y la Tecnología en América Latina y Caribe. Foi membro do Conselho Nacional de Política Cultural (2009-2012) e do CTC da CAPES da Educação Básica (2010-2014). Em 2010 foi admitido na Ordem Nacional do Mérito Científico, classe de Comendador – Personalidade Nacional. Foi Diretor do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia do MCTI (2004-2013). É membro do Conselho da SBF (2015-2019) e do Conselho Superior da CAPES. Em 2014, recebeu a condecoração Menção Honrosa Rio Negro do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (IMPA) e o Prêmio Mercosul de CT – Integração de 2014 (com equipe). Recebeu o Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica do CNPq em 2013.

ISABEL MARIAN HARTMANN DE QUADROS

Pró-reitora de Graduação da Unifesp; professora do Departamento de Psicobiologia (EPM/Unifesp)

IZABEL PATRÍCIA MEISTER

Doutora em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo com estágio doutoral na The Open University, Inglaterra. Mestre pelo mesmo programa. Tem graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Especialização em Comunicação Teoria e Prática do Audiovisual pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e graduação em Tecnologia e Gestão da Editoração - Faculdades Metropolitanas Unidas, São Paulo. Professora da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp desde 2014, atua no Curso Superior de Tecnologia em Design Educacional no âmbito do conhecimento em rede e aberto, bem como, no âmbito do design. É também, Diretora do Departamento de Desenvolvimento Institucional da Pró Reitoria de Planejamento, co gestora do Escritório de Dados Estratégicos da Unifesp – EDADOS - e Pesquisadora Institucional da Universidade. Desenvolve pesquisas sobre conhecimento aberto e em rede, visualização de dados para contextos abertos e em rede, design universal e design social.

JACQUES MARCOVITCH

Professor da Universidade de São Paulo (USP) dedica-se ao estudo do pioneirismo empresarial, estratégia e inovação com foco no crescimento econômico, na distribuição de renda e na sustentabilidade ambiental. Desde 2002, tem pesquisado as políticas de implantação da Convenção do Clima com ênfase na redução dos gases de efeito estufa na atmosfera. Master of Management pela Vanderbilt University (EUA), Doutor em Administração pela FEA/USP, e pós-doutorado pelo International Management Institute (Suíça). Foi Reitor da USP de 1997 a 2001, Pró-Reitor de Cultura e Extensão Universitária da USP de 1994 a 1997, Diretor do Instituto de Estudos Avançados e da FEA/USP, Presidente das Empresas de Energia do Estado de São Paulo (CESP, CPFL, Eletropaulo e Comgás) e Secretário de Economia e Planejamento do Estado de São Paulo. Atualmente, além das atividades acadêmicas, é membro do Conselho Superior do Graduate Institute of International and Development Studies (IHEID), em Genebra. Recebeu vários reconhecimentos, entre eles: l´Ordre Nationale de la Legion D´Honneur (França), Prêmio Jabuti (1998, 2008, 2012), Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco, e Grã Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico.

JAIRNILSON SILVA PAIM

Médico (1972), Mestre em Medicina (1975) e Doutor em Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia (2007). Professor da Faculdade de Medicina da UFBA de 1974 a 1995 e Professor Titular em Política de Saúde do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA desde 2000. Publicou 163 artigos e 14 livros, entre os quais Desafios da Saúde Coletiva no Século XXI (Edufba, 2006), Reforma Sanitária Brasileira: contribuição para compreensão e crítica (Ed. Fiocruz - Edufba, 2008), O que é o SUS (Ed. Fiocruz, 2009) e SUS - Sistema Único de Saúde (Atheneu, 2019). Tem experiência na área de Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Política de Saúde, Planejamento em Saúde, Reforma Sanitária Brasileira e Sistema Único de Saúde. É bolsista 1-A do Cnpq e professor aposentado desde 2019.

JAMES HOLSTON

JAMES HOLSTON is professor of anthropology at the University of California, Berkeley, where he is also founding director of the Social Apps Lab and former co-director of Global Metropolitan Studies. He is a political anthropologist whose work focuses on the city as a strategic site for the emergence and erosion of new citizenships, popular sovereignties, and democratic inventions. He is committed to an anthropology of both critique and experiment. At the Social Apps Lab, he produces software platforms for mobile and web-based applications that address the terms and scales of democratic assembly and deliberation, civic action, and urban knowledge. His books include The Modernist City: An Anthropological Critique of Brasília, Cities and Citizenship, and Insurgent Citizenship: Disjunctions of Modernity and Citizenship in Brazil. He is the recipient of many research awards, fellowships, and book prizes. His software projects include AppCivist.org and DengueChat.org which engage people in direct democracy, participatory budgeting, master planning, and community-based arbovirus vector control. He implemented DengueChat in Nicaragua to lower dengue risk with remarkable results. He collaborated with the Federal University of São Paulo (Unifesp) to deploy AppCivist to develop its new strategic pedagogic master plan (PPI), using methods of direct democracy. He has conducted extensive research in Brazil and is also currently engaged in collaborative research in Nicaragua, Paraguay, Denmark, and the United States.

JANINE SCHIRMER

Graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Mestrado em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Federal de São Paulo e doutorado em Enfermagem Materno-Infantil pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é Professora Titular do Departamento de Enfermagem em Saúde da Mulher, Diretora da Escola Paulista de Enfermagem, Editora-Chefe da Revista Acta Paulista de Enfermagem. Membro da Câmara Técnica Nacional de Ética e Pesquisa em Transplantes do Sistema Nacional de Transplantes - Ministério da Saúde.

JEAN FABER

Bacharel em Física (2000) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), mestrado (2003) e doutorado (2005) no programa de Modelagem Computacional do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) na área de Informação e Computação Quântica. Pós-doutorado (2007-2010) no Instituto Internacional de Neurociência de Natal - Edmond Lily Safra (IINN-ELS) na área de Análise de Sinais Neuronais e Sono-Aprendizagem. Pós-doutorado (2010-2011) no Commissariat à l'Energie Atomique et aux Energies Alternatives (CEA/LETI/CLINATEC), apoiado pela Fondation Nanosciences (Grenoble/França) no projeto de Processamento e Classificação de Padrões Neurais para sistemas Interface Cérebro-Maquina. Atualmente é Professor Adjunto na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), no Departamento de Neurologia e Neurocirurgia - Disciplina de Neurociência da Escola Paulista de Medicina. Tem interesses nas áreas: Análise de Sinais Neurais, Neuroengenharia e Cognição Sensório-Motora.

JOANA PASSOS MIRAGLIA

Joana Passos Miraglia é Psicóloga formada pela PUC/SP, especialista em Psicologia do Esporte e Master Business Economics em Responsabilidade Social e Terceiro Setor, pelo Instituto de Economia da UFRJ. Possui vasta experiência em gestão e governança de organizações do terceiro setor, principalmente nas áreas de Esporte e Educação. Atua na área há mais de 20 anos. Em 2010 fundou a APOENA – Projetos Possíveis, empresa de consultoria. Hoje é Head do Instituto Superação - Formação pelo Esporte. Dentre os principais trabalhos, foi diretora institucional da Fundação Fenômenos, fundada pelo ex-Jogador de Futebol Ronaldo Nazário, e da Fundação Darcy Vargas. Por 5 anos Gerente Executiva do Instituto Reação, organização fundada pelo medalhista Olímpico Flavio Canto. Foi membro fundadora da Rede Esporte pela Mudança Social (REMS) e por 4 anos membro do conselho da Rede. Foi consultora da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, coordenando a criação da primeira escola pública vocacionada para o esporte do Brasil: O Ginásio Experimental Olímpico. Por 4 anos foi coordenadora pedagógica do Projeto Espaço Criança Esperança/SP, parceria do Instituto Sou da Paz, Unesco e Rede Globo.

JOSEP MIQUEL PIQUÉ

Josep Miquel Piqué é Engenheiro de Telecomunicações formado pela La Salle e Universidade Politécnica da Catalunha, Mestre pela ESADE, Doutor em Ecossistemas de Inovação pela Universidade Ramon Llull. Presidente da XPCAT (Rede de Parques Científicos e Tecnológicos da Catalunha), Vice presidente da APTE (Associação de Parques Científicos e Tecnológicos da Espanha). Consultor da Direção Geral de Política Regional e Urbana (DG REGIO) da Comissão Europeia e membro da Equipe de Especialistas em Políticas de Inovação e Competitividade da Comissão das Nações Unidas para a Europa (UNECE). No campo da administração pública foi CEO do Distrito de Inovação 22@Barcelona, Diretor de Setores Estratégicos da Agência de Desenvolvimento Local Barcelona Activa e CEO do Gabinete de Crescimento Econômico da Câmara Municipal de Barcelona. A linha central de sua atividade é a promoção da Economia e Sociedade do Conhecimento com o objetivo de consolidar Cidades do Conhecimento em Cidades Inteligentes.

JOSÉ AUGUSTO LINDGREN ALVES

Embaixador de carreira (aposentado), primeiro chefe do Departamento de Direitos Humanos e Temas Sociais do Ministério das Relações Exteriores (Brasília, 1995-1996), chefe da Divisão das Nações Unidas (1989-1995), Delegado à Conferência Mundial sobre Direitos Humanos (Viena, 1993), membro do Comitê para a Eliminação da Discriminação Racial - CERD (Genebra, 2002-2018) e Secretário Executivo do Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos - IPPDH - do Mercosul (Buenos Aires, 2017).

JOSÉ RAMÓN MARTÍNEZ RIERA

Enfermero Doctor. Especialista en Enfermería Familiar y Comunitaria. Profesor Titular de la Universidad de Alicante. Presidente de la Asociación de Enfermería Comunitaria (AEC). Redactor Jefe de la Revista ROL de enfermería. Vicepresidente II de la Academia de Enfermería de la Comunitat Valenciana.

JOSÉ ROBERTO FERRARO

Superintendente do Hospital São Paulo Hospital Universitário da UNIFESP Docente da Disciplina de Gastroenterologia Cirúrgica do Departamento de Cirurgia da Escola Paulista de Medicina. Vice Presidente da ABRAHUE (Associação Brasileira de Hospitais Universitários e de Ensino).

JOÃO ALÉSSIO J PERFEITO

Possui graduação em Medicina pela Escola Paulista de Medicina (EPM) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) (1982), Residência Médica em Cirurgia Torácica pela EPM/Unifesp (1985), Mestrado em Cirurgia Cardiovascular e Torácica pela Unifesp (1987) e Doutorado em Cirurgia Torácica pela Unifesp (2000). É professor de Cirurgia da EPM/Unifesp desde 1987, sendo atualmente Professor Associado. Participou e participa de diversos Conselhos da Universidade e já ocupou na Unifesp os cargos de Pró-reitor Adjunto de Assuntos Estudantis (2010-2012), Pró-reitor de Assuntos Estudantis (2012-2013) e Pró-reitor Adjunto de Graduação (2012-2014). Tem experiência na área Médica com ênfase em Cirurgia Torácica; desenvolve suas pesquisas principalmente em Cirurgia Torácica Geral e em métodos de aprendizado da Medicina.

JOÃO GALVÃO CERIDONO

Gestor de Projetos do Quintessa, ajuda a estruturar e impulsionar o crescimento de negócios que resolvem os principais problemas sociais e ambientais do país. Já participou da aceleração de mais de 15 startups de impacto, como Nave à Vela, A Taba e Portabilis, além de programas em parceria junto de Braskem, Instituto Arapyaú e Grupo Marquise. Formado administrador de empresas pela FGV (Fundação Getúlio Vargas-EAESP)

JULIANA GARCIA CÉSPEDES

Possui graduação em Licenciatura Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001), mestrado em Estatística e Experimentação Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo (2004) e doutorado em Estatística e Experimentação Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Inferência Bayesiana, atuando principalmente nos seguintes temas: inferência bayesiana, modelos de fronteria estocástica, eficiencia técnica, reconhecimento de padrões e agrupamento hierárquico bayesiano.

JUSSARA DE LIMA CARVALHO

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal de São Carlos (1981), mestrado em Saneamento e Hidráulica pela Escola de Engenharia de São Carlos/USP (1985) e doutorado em Ciência Ambiental pelo PROCAM/USP (2011). Trabalhou na CETESB - Cia. de Tecnologia de Saneamento Ambiental do governo do estado de São Paulo, no período de 1985 a 2008. Ocupou o cargo de Secretária de Meio Ambiente da cidade de Sorocaba (SP) de 2009 a 2014. Ocupou o cargo de Secretária Executiva para a América do Sul no ICLEI Governos Locais pela Sustentabilidade de 2014 a 2016. Membro do Programa de Formação de Lideranças em Desenvolvimento Sustentável - LEAD (1994 a 1996) Trabalhou na gestão de recursos hídricos, como secretaria executiva do Comitê de Bacias Hidrográficas dos rios Sorocaba e Médio Tietê de 1997 a 2008. Membro do Juri Internacional do prêmio suíço Resource Award, para projetos de gestão participativa e integrada de recursos hídricos, de 2003 a 2015. Trabalha , atualmente, como Assessora Internacional da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do estado de São Paulo.

KAREN SPADARI FERREIRA

Graduada em Biomedicina, mestre e doutora em Análises Clínicas e Toxicológicas pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas na Área de Análises Clínicas da Universidade de São Paulo. Pós-Doutoramento na USP na área de imunologia de fungos e biologia molecular. Docente na área de microbiologia da UNIFESP desde 2009, bolsista produtividade em pesquisa 2 e Pró-Reitora Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFESP desde 2018. Atuo nas áreas de micologia, imunologia e biologia molecular, com expertise principalmente nos seguintes temas: células dendríticas na resposta imune contra fungos patogênicos, construção de proteínas (scFv) para ensaios de terapia gênica e estudo de vesículas extracelulares em leveduras de Sporothrix spp.

KARINA RAMALHO BORTOLUCI

Professora Associada do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Possui graduação em Ciências Biológicas pelo Instituto Mackenzie (1992-1995), doutorado direto em Imunologia (1999-2003) e pós-doutorado em Imunologia (2003-2005) pela Universidade de São Paulo (USP) e título de livre-docente pela UNIFESP (2013). Foi pesquisadora visitante no Instituto Gulbenkian, Portugal (2004) e Genentech Inc., USA (2016). Foi Vice-Chefe (2010-2011) e Chefe (2012-2013) do Departamento de Ciências Biológicas e Coordenadora da Pós Graduação da Pró-Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa da UNIFESP (2017-2018). Faz parte do Keystone Symposia Programming Consultants e é a atual Vice Presidente da Sociedade Brasileira de Imunologia (2020-22). Atua na área da imunidade inata, com foco no estudo de vias moleculares envolvidas na ativação dos inflamassomas e o seu impacto para o controle de infecções.

KAZUO NAKANO

Sou pós-doutor (2019) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP), doutor em demografia (2015) pelo Núcleo de Estudos de População do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade de Campinas (NEPO-IFCH-UNICAMP), mestre em estruturas urbanas ambientais (2002) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP), pós graduado em gestão urbana e ambiental (2000) pelo Institute for Housing and Urban Development (IHS) de Rotterdam, Holanda, graduado em arquitetura e urbanismo (1995) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Tenho interesse em estudos urbanos e populacionais, particularmente sobre as desigualdades e injustiças socioespaciais, densidades urbanas, planejamentos e regulações territoriais. Fui gerente de projetos do Ministério das Cidades (2004-2005) e trabalhei como técnico senior do Pólis - Instituto de Estudos, Formação e Assessoria em Políticas Sociais (2000-2004 e 2006-2012). Integrei a equipe de consultoria que elaborou o Plano Nacional de Habitação (PlanHab) (2009) e fui diretor do Departamento de Urbanismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de São Paulo (2013-2014). Atuei profissionalmente nas áreas de planejamento e gestão urbana, ambiental e habitacional. Tive experiências de ensino como professor do programa de pós-graduação lato sensu em direito imobiliário da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) (2013-2016), do curso de graduação em arquitetura e urbanismo do FIAM FAAM-Centro Universitário (2012-2017), do mestrado profissional em projeto, produção e gestão do espaço urbano (extinto) da FIAM FAAM-Centro Universitário (2014-2017) e do curso de graduação em arquitetura e urbanismo do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (2016-2017). Atualmente sou professor do Instituto das Cidades da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) (2017-Atual).

LAURA BARBOSA DE CARVALHO

É Professora Associada Livre Docente do Departamento de Economia da FEA-USP e bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Possui doutorado em Economia pela New School for Social Research (2012), e graduação (2006) e mestrado (2008) em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua pesquisa se concentra nas áreas de macroeconomia e desenvolvimento econômico, com ênfase na relação entre crescimento econômico e distribuição da renda.

LEONARDO ANDRÉ TESTONI

Graduado em Física e Química. Licenciado em Pedagogia. Professor e Pesquisador do Departamento de Ciências Exatas e da Terra (UNIFESP). Coordenador do Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PECMA).

LIA RITA AZEREDO BITTENCOURT

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Espírito Santo (1987), concluiu residência em Clínica Médica pelo Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes-UFES (1988), residência em Pneumologia pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual-HSPE (1991), obteve título de especialista em Pneumologia pela Associação Médica Brasileira (1992), de mestrado em Medicina (Pneumologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1995), de doutorado em Medicina (Pneumologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1999) e obteve título de área e atuação em Medicina do Sono pela Associação Médica Brasileira (2012). Atualmente é professor Associado III e Livre-docente da Disciplina de Medicina e Biologia do Sono do Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo, Preceptora administrativa da Residência Médica na área de atuação em Medicina de Sono pela Pneumologia da Universidade Federal de São Paulo. Assumiu o cargo de Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (2018). Coordenadora do BICC-Unifesp. Foi coordenadora Médica do Instituto do Sono da Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (1992-2018). Bolsista 1 C e parecerista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, pesquisador e parecerista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Editora da revista Entreteses,Editora-associada do periódico Sleep Breathing, Brazilian Journal of Otorhinolaryngology, British Journal of Sports Medicine e do Boletim da Associação Brasileira do Sono, parecerista dos periódicos Sleep, Sleep Medicine, Journal of Clinical Sleep Medicine, Plos One, Cephalalgia, British Joutnal of Sports Medicine,Sleep Science, Journal of Clinical Monitoring and Computing (JCMC),Anais da Academia Brasileira de Ciências, Brazilian Journal of Medical and Biological Research, International Journal of Endocrinology, Journal of Epidemiology and Community Health, Nature and Science of Sleep, Revista Brasileira de Psiquiatria, Revista de Psiquiatria Clínica, Brazilian Journal of Otorhinolaryngology e Jornal Brasileiro de Pneumologia. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Pneumologia e Medicina do Sono, atuando principalmente nos seguintes temas: fisiopatologia, diagnóstico e tratamento dos distúrbios respiratórios relacionados ao sono, sonolência excessiva, alterações cognitivas e cardiovasculares da síndrome da apnéia obstrutiva do sono, distúrbios do centro respiratório, ensino em Medicina do Sono e epidemiologia dos distúrbios do sono.

LIDIANE CRISTINA DA SILVA

Superintendente da Tecnologia da Informação da Universidade Federal de São Paulo e Professora da área de Informática do Instituto Federal de São Paulo. Mestrado em Informática e Gestão do Conhecimento, formada em Engenheira da Computação pela Universidade Metodista de São Paulo.

LILY WECKX

Possui graduação em Medicina pela Escola Paulista de Medicina , mestrado em Pós-Graduação em Pediatria pela Escola Paulista de Medicina e doutorado em Pós-Graduação em Pediatria pela Escola Paulista de Medicina . Livre Docente em 2006 pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é professora associada da Disciplina de Infectologia Pediátrica do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo, Membro da Comissão Permanente de Assessoramento em Imunizações da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Membro do Comitê Técnico de Assessoramento em Imunizações do Ministério da Saúde. Coordenadora do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais da Universidade Federal de São Paulo - CRIE-Unifesp.

LUCIA CAMPOS PELLANDA

Reitora da universidade federal de ciências da saúde de Porto Alegre, é médica cardiologista pediátrica e professora, e sempre foi movida pela busca e pelo compartilhamento de conhecimento. Considera que uma das suas missões é divulgar a importância da Educação, da ciência e da avaliação crítica das evidências em um mundo tão cheio de achismos e notícias falsas. Acredita que a Educação pode mudar o mundo, e pode provar :-) Antes de entrar na universidade, Lucia considerou que, para ser uma boa médica, seria bom conhecer um pouco mais sobre as pessoas. Durante dois anos, viajou e teve contato com diferentes culturas. Na volta, trouxe na bagagem a convicção de que existem alguns princípios universais que nos mantém unidos como seres humanos, e essa é a base da cooperação e da empatia. Na gestão, Lucia é uma das defensoras da gestão colaborativa e participativa, o que vem provocando mudanças importantes na universidade, e isso inclui defender um ambiente com igualdade de oportunidades e uma universidade antidiscriminação. A diversidade enriquece a universidade, e é disso que a ciência se alimenta. A universidade deve ser um ambiente de compartilhamento de saberes, de construção conjunta de conhecimento, de aprendizado da autonomia e de desenvolvimento saudável. Acredita que mulheres em posição de liderança em todos os níveis podem estabelecer redes de compartilhamento de experiências e mentoria para ajudar outras mulheres em suas carreiras.

LUCIA REGINA FLORENTINO SOUTO

Médica sanitarista, pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/FIOCRUZ), presidenta do Centro Brasileiro de Estudos da Saúde (Cebes)

LUCIANA TOGNI DE LIMA E SILVA SURJUS

Terapeuta Ocupacional, Doutora em Saúde Coletiva, Docente do Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva da Unifesp BS; Coordenadora Sudeste Abrasme; Presidente do Comad Santos/SP.

LUCIANO DE FIGUEIREDO BORGES

Professor Associado do Departamento de Ciências Biológicas da UNIFESP, orientador pelo Programa de Pós-graduação em Patologia pela EPM, mestrado em Fisiopatologia (USP), doutorado em Cardiologia (USP) e Pós-Doutorado em Biologia Vascular (França). Possui experiência didático-científica na área de Morfologia e Práticas de Ensino.

LUCILA PESCE

Doutora (2003) e mestre (1999) em Educação: Currículo, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), com pós-doutorado (2007) em Filosofia e História da Educação, pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); bacharel e licenciada em Letras - Português e Inglês (1985), pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Professora Associada do Departamento de Educação da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); professora credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIFESP. Vice-coordenadora do curso de Pedagogia da UNIFESP (julho de 2017 a julho de 2019). Líder do Grupo de Pesquisa LEC: Linguagem, Educação e Cibercultura. Consultora ad hoc do GT 16 (Educação e Comunicação) da ANPED - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação de 2007 a 2017. Atualmente é vice-coordenadora do GT 16 da ANPEd (gestão 2017-2019; 2019-2021). Tem investigado nas seguintes áreas: Linguagens Hipermidiáticas e Processos Formativos; Linguagens Hipermidiáticas e Educação Básica; Linguagens Hipermidiáticas e Formação Inicial de Professores; Linguagens Hipermidiáticas e Formação Continuada de Professores.

LUIZ CARLOS BORGES

É doutorando em Educação pela UNIFESP, vinculado à linha de pesquisa: História da Educação: sujeitos, objetos e práticas. Possui graduação em Historia-Licenciatura Plena pela Universidade Brasil (1997), especialização em História, Sociedade e Cultura pela PUC-SP(1999), mestrado em Políticas Sociais pela Universidade Cruzeiro do Sul (2008). Possui formação complementar em Memória e Ensino de História (2010) e em São Paulo: História e Historiografia (2009) pelo Depto. de História da USP e graduação em Pedagogia - Licenciatura Plena pela Faculdade Paulista S.J.(2016). Foi professor na rede estadual de São Paulo de 1995 até 2015. É desde 2012, titular de cargo na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, atuando como professor de História desde 2014, em CIEJA - Centro Integrado de Educação de Jovens Adultos, onde também oferece uma oficina de Orientação de Estudos e desenvolve o Projeto: "De Portas Abertas para a Leitura", no espaço Carolina Maria de Jesus. Possui também experiência na rede privada de ensino desde 1998. Já atuou no ensino superior em cursos de licenciatura e latu sensu. Faz parte do Grupo de estudos e pesquisas históricas sobre escola e docência (GEPHED) no Programa de Estudos Pós- Graduados em Educação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências

LUIZ DAVIDOVICH

Possui graduação em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1968) e doutorado em Física pela University of Rochester (1976). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realiza pesquisas na área de Física, com ênfase em ÓPTICA QUÂNTICA e INFORMAÇÃO QUÂNTICA, atuando principalmente nos seguintes temas: emaranhamento quântico, descoerência, dispositivos para computação quântica, reconstrução de estados quânticos, teoria do laser, metrologia quântica. É membro da Academia Brasileira de Ciências, da Academia Mundial de Ciências (TWAS) e da National Academy of Sciences (USA). Foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico em 2000, com o Prêmio TWAS de Física em 2001, com o Prêmio Álvaro Alberto (CNpq) e a Medalha Tamandaré (Marinha do Brasil) em 2010 e com a Comenda da Ordem do Mérito Naval em 2017. É Fellow da Optical Society of America e da American Physical Society. Foi eleito Presidente da Academia Brasileira de Ciências para os períodos 2016-2019 e 2019-2022 e Secretário Geral da TWAS para o período 2019-2023.

LUIZ EUGENIO ARAUJO DE MORAES MELLO

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (1982), mestrado (1985) e doutorado em Biologia Molecular (1988) pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Pós-Doutorado em neurofisiologia na UCLA (1988-1991). Livre-Docente (1994) e Professor Titular de Fisiologia (1998), Membro do CA-BF do CNPq 2000-2003, Coordenador Adjunto da Diretoria Científica da FAPESP 2003-2006, Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (2010), Membro Titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (2007) e da Academia Brasileira de Ciências (2010). Integra o Conselho Deliberativo do CNPq, o Conselho Deliberativo do SEBRAE-SP, o Conselho de Administração do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), o Conselho Superior do Instituto DOr de Pesquisa e Ensino (IDOR), o Conselho Consultivo do Centro de Inovação da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGVIn), o Conselho da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE), o Conselho da Tibet House Brasil e é Editor setorial do Brazilian Journal of Medical and Biological Research.. Foi Pró-Reitor de Graduação da Universidade Federal de São Paulo (2005-2008), Presidente da Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE; 2007-2011), Conselheiro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciencia (SBPC; 2014-2017) e vice-presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI; 2016-2018). Foi Diretor de Tecnologia e Inovação da Vale (Vale S.A.) e responsável pela implantação do Instituto Tecnológico Vale (2009-2018). Foi Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do Instituto DOr de Pesquisa e Ensino (2018-2020). Foi Diretor da Agência de Inovação Tecnológica e Social (AGITS) da Unifesp (2019-2020). Atua nas áreas de plasticidade neuronal, epilepsia, degeneração neuronal, gestão de C&T.

LUIZ FELIPE DE ALENCASTRO

Diploma do Institut d'Etudes Politiques d'Aix-en-Provence (1970), doutorado em Histoire - Université Paris-Nanterre (1986) e Livre-Docência em História Econômica na Unicamp (1994). Ensinou na Universidade de Paris-Vincennes (1973-1986) e na Universidade de Rouen (1974-1986). Foi Professor Adjunto no Instituto de Economia, UNICAMP (1986-1999). Pesquisador Senior do CEBRAP (1986-1999). Professor catedrático de História do Brasil, Université de Paris-Sorbonne (2000-2014). Professor at Paris-Sorbonne University Abu Dhabi - UAE (2008, 2009 e 2010). - Andrew W. Mellon Senior Researcher Fellow, John Carter Brown Library, Brown University, (2002 e 2004). Visiting professor at the Universidad de Salamanca (2008 and 2011), Visiting Professor at York University, Toronto (2009), Visiting Professor at University of Massachusetts Dartmouth (2012), Professor emérito da Université de Paris-Sorbonne (2014-). Membro titular do Centre Roland Mousnier UMR 8596 CNRS - Paris Sorbonne (2002-).Membro da Academy of Europe (2011-). Coordenador do Centro de Estudos do Atlântico Sul e professor titular da Escola de Economia de São Paulo - FGV (2014-). Membro da Comissão Arns (2019-)

LUIZ GUSTAVO PAGOTTO SIMÕES

Co-Fundador e CEO da NANOX, graduado em Química pela Universidade Federal de São Carlos e doutor em Química pela Unesp.

LUIZ LEDUINO DE SALLES NETO

possui graduação em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas (1997), mestrado em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas (2000), doutorado em Matemática Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2005), realizou um estágio de pesquisa de 5 meses na Universidade de Sevilla (2010) e de 6 meses na Universidade do Colorado Denver (2017). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de São Paulo, onde leciona na graduação e pós-graduação. É membro do Conselho de Administração da Associação Parque Tecnológico - São José dos Campos Possui um pedido de patente depositado no INPI-Brasil, fruto de um projeto de inovação ;financiado pela Fapesp e pela empresa Vale, mais de vinte artigos publicados em periódicos científicos indexados e três capítulos de livros. Atua na área de Matemática Aplicada e Computacional, com ênfase em Pesquisa Operacional, atuando em três programas de pós-graduação:. Pesquisa Operacional, Inovação Tecnológica, Matemática Pura e Aplicada. Foi diretor do Instituto de Ciência e Tecnologia da Unifesp, campus São José dos Campos de dezembro de 2012 a dezembro de 2016, e Pró-reitor de Assuntos Estudantis da Unifesp de outubrp de 2010 a setembro de 2012.

LUIZ MÁRIO RAMOS JANINI

O Dr. Luiz Mario Janini tem se dedicado ao estudo do HIV-1 desde 1992 ano em que ingressou no mestrado no Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 1998 o Dr. Janini obteve seu titulo de doutor pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/CDC. Realizou seu Pós-doutoramento na Fundação Henry M. Jackson, Rockville, Mayland, EUA durante os anos de 1998 a 2001 com sólida formação no estudo da recombinação do HIV-1 e da análise do genoma viral.

LUIZ ROBERTO RAMOS

Professor Titular de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina/ UNIFESP Professor Livre-Docente de Geriatria Diretor do Centro de Estudos do Envelhecimento do Departamento de Medicina Preventiva Coordenador do projeto CAPES-PRINT/UNIFESP no tema Longevidade

LUIZA HELENA TRAJANO INÁCIO RODRIGUES

Presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza. Foi responsável pelo salto de inovação e crescimento que colocou o Magazine Luiza, nas décadas seguintes, entre as maiores varejistas do Brasil. Também atua como Conselheira em 12 diferentes entidades como IDV – Instituto para Desenvolvimento do Varejo, FIESP - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, UNICEF e Grupo Consultivo do Fundo de População da ONU no Brasi. É Presidente do Grupo Mulheres do Brasil.

LUNA ESCOREL AROUCA

Luna Escorel Arouca é formada em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e mestre em Ciência Política pela École de Hautes Etudes en Science Sociales. Trabalhou por 3 anos no Centro de Estudos de Segurança e Cidadania na área de política de drogas e atualmente coordena o Espaço Normal equipamento da Redes da Maré que atende pessoas em situação de rua e usuários de drogas.

MADALENA PATRÍCIO

Membro Honorário e Consultora Científica do Departamento de Educação Médica (DEM) na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL). Ela é a Coordenadora do Programa de Educação Médica - DEM para treinamento de professores e integra o Centro de Medicina Baseada em Evidências (CEMBE), onde lidera o grupo da Colaboração BEME (Melhor Evidência em Educação Médica). Posições Internacionais Ex-presidente da AMEE (a principal Associação Internacional de Educação Médica) (www.amee.org) Membro Ex officio do Comitê Executivo da AMEE Presidente do BEME (Melhor Evidência em Educação Médica) BOARD (grupo internacional dedicado ao desenvolvimento de educação baseada em evidências na área médica e de profissões da saúde. (www.bemecollaboration.org) Membro Fundador da ASPIRE, uma iniciativa da AMEE para o Reconhecimento Internacional de Excelência em Educação (www.aspire-to-excellence.org) Membro do ASPIRE BOARD (www.aspire-to-excellence.org) Membro do Júri do Prêmio Karolinska Institutet de Pesquisa em Educação Médica Presidente do Comitê do Prêmio Educador Miriam Friedman Ben David, para reconhecer esforços extraordinários e contribuições de jovens educadores. Áreas de interesse Avaliação de competência clínica, OSCE, Humanização de Medicina, Humanidades Médicas, Ética, Educação Baseada em Evidências, Ensino Comunitário e Responsabilidade Social das Escolas Médicas. Prêmios e Distinções Internacionais AMEE Life Time Achievement, 2013 Membro Honorário do "Reial Académie de Medicina de Catalunya", 2012 Gusi International Peace Prize, concedido pela Fundação Gusi, Manila, 2018 Membro do Conselho do Conselho Internacional de Educação da UNESCO, Chair in Bioethics 2019.

MAGALI APARECIDA SILVESTRE

Pedagoga, Doutora e Mestre em Educação: Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora Associada I da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Professora credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência (Mestrado e Doutorado) e no Programa de Pós Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado). Responsável pela disciplina Planejamento e Avaliação Educacional no curso de Pedagogia. Preceptora do Programa de Residência Pedagógica - ensino fundamental - na mesma instituição. Pesquisadora na área de Formação de Professores. Foi Coordenadora de Área de Gestão de Processos Educacionais do PIBID da UNIFESP e vice-presidente da Comissão Própria de Avaliação - CPA. É avaliadora de curso do SINAES/MEC/INEP e Conselho Estadual de Educação de São Paulo. Coordenou o GT8 Formação de Professores da Anped - gestão 2016-2017. Atualmente é membro do Conselho Editorial Executivo da Revista Formação Docente do GT 08 da Anped. É Diretora da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Unifesp, campus Guarulhos - gestão 2017-2021.

MAGNUS R. DIAS DA SILVA

Professor Associado Livre Docente de Endocrinologia, Departamento de Medicina, Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp). Graduado em Medicina pela UFRN, Especialista em Clínica Médica, Endocrinologia e Metabologia, Mestre e Doutor pela Unifesp. Pós Doutorado pela UCSF. É chefe do Ambulatório de Endocrinologia do Desenvolvimento e Transição Adolescente-Adulto e Coordenador do Núcleo TransUnifesp nos quais faz preceptoria de residentes e ensino de graduação. Pesquisa e orienta Mestrado e Doutorado na área de desenvolvimento gonadal e condições intersexo, diversidade sexual e de gênero, singularização da assistência e promoção de saúde para população transgênero e intersexo. Coordena o Programa de Extensão MULTTISABERES na Unifesp e assessora movimentos populares e associações na construção de Políticas Públicas para população LGBTQIA+. Atualmente, contribui com a gestão como Pró-Reitor Adjunto de Extensão e Cultura da Unifesp.

MAJORIE GÓMEZ

Marjorie é venezuelana formada em Engenharia Mecânica e pós graduação em controle de gestão. Com vasta experiência em controle de processos e implementação de novas ferramentas e logística, é Analista Financeira da iniciativa MoreSciense4Berlin, co-fundadora da AcceleRed e consultora Digital e de inovação para o time de relações com pacientes da empresa Bayer.

MANOEL JOÃO BATISTA CASTELLO GIRÃO

Possui graduação em Medicina, Residência Médica, Mestrado, Doutorado e Livre-Docência em Ginecologia pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é o Diretor da Escola Paulista de Medicina e Professor Titular e Chefe do Disciplina de Ginecologia Geral da Universidade Federal de São Paulo e Vice-Presidente da Colsan.

MANUEL OLIVEIRA

 Nome Profissional: Manuel Oliveira  Título Profissional: Enfermeiro especialista em Enfermagem Comunitária:  Categoria Profissional: Enfermeiro Gestor  Habilitações académicas: Licenciatura: Curso de Enfermagem Geral (1986); Curso de Estudos Superiores Especializados em Enfermagem de Saúde Pública (1992) - Escola Superior de Enfermagem de Coimbra  Pós-Graduação: Gestão e Economia da Saúde (2000) – Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra  Local de Trabalho: Administração Regional de Saúde do Centro, IP (ARSC, IP) - desde 2014 Ministério da Saúde - dezembro 2015 a outubro 2019 e colaboração pontual de momento. SÍNTESE CURRICULAR  Distinção: Medalha de Serviços Distintos do Ministério da Saúde - 7 de abril 2018;  Coordenação Nacional para a Reforma do Serviço Nacional de Saúde na área dos Cuidados de Saúde Primários - Ministério da Saúde (por Despacho do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde de dezembro 2015);  Grupo de Trabalho para o desenvolvimento das Unidades de Cuidados na Comunidade (Coordenador) - Ministério da Saúde (de agosto 2017 a outubro 2019);  Equipa Regional de Apoio para os Cuidados de Saúde Primários da ARS Centro, IP (desde 2012);  Assessor para a Qualidade do Conselho Diretivo da ARS Centro, IP (desde 2014);  Grupo de Acompanhamento COVID-19 da ARS Centro, IP;  Conselho Geral da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (desde abril de 2019);  Presidente do Conselho Diretivo Regional da Secção Regional do Centro da Ordem dos Enfermeiros (2008-2011), e, por inerência, membro do Conselho Diretivo da Ordem dos Enfermeiros, com a área de responsabilidade dos Cuidados de Saúde Primários e candidato a Bastonário da Ordem dos Enfermeiros ao triénio 2012-2015);  Mesa da Assembleia Geral da Sociedade Portuguesa para a Qualidade na Saúde (desde abril 2010);  Auditor do Programa Internacional de Acreditação Hospitalar (King’s Fund/Health Quality Service/CHKS) - (desde 2000);  Comissão Científica da 8ª, 9ª, 10ª, 11º, 12ª e 13ª Edição do Prémio de Boas Práticas em Saúde (2014-2019);  Integrou ou integra vários grupos de trabalho no Ministério da Saúde nas seguintes áreas: Envelhecimento Ativo e Saudável; “Capacitação do Cuidador e Literacia em Saúde”; “Prevenção e gestão da doença crónica e complexa no âmbito do Serviço Nacional de Saúde”; Demências; Governação Clínica e de Saúde nos Cuidados de Saúde Primários; Enfermagem de Saúde Familiar; etc. Para além dos cargos referidos integrou e presidiu a várias comissões científicas e organizadoras de eventos científicos, participou como orador em vários eventos similares, nacionais e internacionais, e redigiu vários artigos publicados em revistas profissionais e jornais. Participou ainda em vários júris de concursos profissionais e grupos de reflexão sobre saúde/enfermagem/qualidade, organizados por várias entidades nacionais. Colabora na área da docência com várias instituições de ensino superior.

MARCELO D'SALETE

Marcelo D'Salete (1979) é autor de histórias em quadrinhos, ilustrador e professor. Estudou design gráfico, é graduado em artes plásticas e mestre em história da arte. Publicou o álbum Cumbe (Veneta, 176 páginas, 2014), que aborda o período colonial e a resistência negra contra a escravidão no Brasil. O livro foi publicado em Portugal, França, Áustria, Itália, Espanha e EUA (Fantagraphics). Cumbe foi selecionado pelo PNLD literário de 2019 para o Ensino Médio, Plano Ler + como recomendação de leitura para escolas de Portugal e premiado no Eisner Awards 2018 na categoria Best U.S. Edition of International Material. Angola Janga - Uma história de Palmares (Veneta, 432 páginas, 2017) trata dos antigos mocambos da Serra da Barriga, mais conhecidos como Quilombo dos Palmares. Angola Janga foi agraciado pelo Prêmio Grampo Ouro 2018, HQMIX 2018, Jabuti 2018 e o Rudolph Dirks Award 2019 (Melhor Roteiro América do Sul). A obra foi selecionada pelo PNLD literário de 2019 para o Ensino Médio. O livro foi publicado também na França, Portugal, Áustria, Espanha, Polônia e EUA. A obra Encruzilhada (Veneta, 160 páginas), relançado em 2016, trata de violência, jovens negros e discriminação em grandes cidades.

MARCELO KNOBEL

Atual reitor da Unicamp, desde 2017. É professor titular do Departamento de Física da Matéria Condensada do Instituto de Física Gleb Wataghin da Unicamp, atuando na investigação experimental de materiais magnéticos nanoestruturados. Foi Pró-Reitor de Graduação da UNICAMP de 2009 a 2013, sendo responsável, entre outras ações, pela implantação do Programa Interdisciplinar de Educação Superior (ProFIS), que alia inclusão social com formação geral. Dedica-se também à divulgação científica, colaborando com as atividades do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LABJOR) e do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade (NUDECRI), desde 2000. Também fez parte do Comitê Assessor de Física e Astronomia do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação da Área de Física da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Foi Diretor do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) de 08/2015 a 11/2016.

MARCO AKERMAN

Professor Titular - Departamento de Política, Gestão e Saúde / Faculdade de Saúde Pública-USP, desde 2014. Médico (1981); Especialista em Saúde Pública e Medicina Social (1983) pela Universidade Federal de Minas Gerais; Especialista em Gestão Hospitalar para o Setor Público - Fundação Getúlio Vargas (1986); Mestrado em Planejamento e Financiamento do Setor de Saúde (1989) e PhD em Epidemiologia e Saúde Pública (1993) - Universidade de Londres; Especialista em Ativação de Mudanças na Graduação de Profissionais de Saúde - FIOCRUZ (2005); Livre-Docente - FSP/USP (2012); Experiência Acadêmica: Vice Chefe (2014-2015) e Chefe (2016-2017) do Departamento de Política, Gestão e Saúde da FSP/USP; Professor Titular de Saúde Coletiva (1996-2014), Vice-Diretor (2010-2013), Chefe do departamento de Saúde da Coletividade (2006-2007) e Presidente da Comissão de Pós-Graduação (1999-2006) da FMABC; Pesquisador Associado da London School of Hygiene and Tropical Medicine (1993-1994); Professor Visitante da Universidade Estadual do Ceará (1994-1995); Experiência como Gestor: Diretor-Adjunto dos Centros Regionais de Saúde de Teófilo Otoni e Sete Lagoas (1984-1986); Superintendente Geral de Saúde da SESMG (1986); Supervisor Técnico da SESSMG (1987-1988); Temas de pesquisa: avaliação de políticas, programas e serviços; determinação social do processo-saúde-doença-cuidado; intersetorialidade; pesquisa participativa de base comunitária; desenvolvimento sustentável e promoção da saúde.

MARCO AURÉLIO NOGUEIRA

Cientista político, professor titular da UNESP, colunista de O Estado de S. Paulo.

MARCOS CEZAR DE FREITAS

Sou antropólogo, Professor Associado Livre-Docente do Departamento de Educação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo. Sou orientador de mestrado e doutorado. Supervisiono pós-doutorados. No que diz respeito ao ensino, iniciei a carreira de professor da educação básica na escola pública em 1982 e em 1988 tornei-me professor universitário atuando, desde então, na formação de professores no Curso de Pedagogia oferecendo cursos sobre a construção social da infância. No que diz respeito à pesquisa, vulnerabilidades infantis e educação inclusiva são os temas que pesquiso. Em perspectiva antropológica abordo a educação de crianças com deficiências ou cronicamente enfermas. Coordeno o Projeto de Pesquisa EDUCINEP - Educação Inclusiva na Escola Pública, que abriga a Plataforma de Saberes Inclusivos com colaboradores do Brasil e do exterior. Desenvolvo projeto de produtividade em pesquisa financiado pelo CNPq. No que diz respeito à extensão, organizei e coordeno a Escola Livre para Formação Inclusiva, que em parceria com escolas públicas e equipamentos de saúde oferece formação a respeito da educação de crianças cronicamente enfermas.

MARCOS NOBRE

Marcos Nobre é professor de filosofia da Unicamp, presidente do Cebrap e co-diretor do Mecila. É autor, entre outros, de Imobilismo em movimento. Da redemocratização ao governo Dilma (São Paulo: Companhia das Letras, 2013), de Como nasce o novo. Experiência e diagnóstico de tempo na Fenomenologia do espírito de Hegel (São Paulo: Todavia, 2018), e de Ponto-final. A guerra de Bolsonaro contra a democracia (São Paulo: Todavia, 2020).

MARIA ALICE SETÚBAL (NECA SETUBAL)

Maria Alice Setubal (Neca Setubal), socióloga, doutora em Psicologia da Educação pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) e mestre em Ciência Política pela USP (Universidade de São Paulo. Autora de diversos livros e artigos para revistas e jornais. Foi Coordenadora de Educação para América Latina e Caribe pelo Unicef. Participação nos seguintes conselhos: Conselho da Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto, Conselho do Family Office, Conselho Fundação Itaú para Educação e Cultura, Conselho Consultivo USP – Universidade de São Paulo, Conselho IDEA – Instituto Estudos Avançados UNICAMP, Conselho Consultivo OPENSOCIETY para América Latina. Foi presidente do Conselho de Administração do CENPEC (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). Atualmente é presidente do Conselho de Administração Fundação Tide Setubal e do GIFE (Grupo de Institutos Fundações e Empresas)

MARIA ANGÉLICA PEDRA MINHOTO

Professora do Departamento de Educação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e no curso de Pedagogia do Campus Guarulhos. Foi Pró-Reitora de Graduação da UNIFESP (2013-2017).Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação de Sistemas e Instituições Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional e sistema nacional de avaliação

MARIA CLARA PADOVEZE

Professora Associada do Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva. Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo

MARIA ELIZETE KUNKEL

Docente na área de Engenharia Biomédica do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) de São José dos Campos SP. Pesquisadora com bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora CNPq DT2. Docente do Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica da UNIFESP e do Mestrado acadêmico em Engenharia Biomédica da Universidade Federal do ABC. Graduada em Física (UFC), especialista em Jornalismo Científico (UNICAMP), mestre em Bioengenharia (USP) e PhD em Biomecânica (Universität Ulm, Alemanha). Coordena o Grupo de pesquisa do CNPq Biomecânica e Tecnologia Assistiva da Unifesp desenvolvendo projetos com uso de manufatura aditiva (impressão 3D). Coordena o Programa Social da Unifesp Mao3D de Protetização e Reabilitação de Amputados. Integra a diretoria da Sociedade Brasileira de Biomecânica. Embaixadora da ONG americana Women in 3D Printing no Brasil.

MARIA INÊS BADARÓ MOREIRA

Psicóloga, Mestre e Doutora em Psicologia. Professora Associada do Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva- UNIFESP/BS. Docente do Curso de Psicologia. Coordenação do Curso de Psicologia/UNIFESP. Orientadora credenciada no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde. Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Núcleo de Reforma Psiquiátrica e Saúde Mental na Atenção Básica. Coordenadora do Observatório de Saúde Mental de crianças, jovens e adultos nas sociedades contemporâneas. Pós-doutorado em Saúde Coletiva. Temas de interesse e estudo: saúde mental, desinstitucionalização, reforma psiquiátrica, produção de cuidado em saúde, ensino de saúde e formação do Psicólogo.

MARIA MARGARIDA MARTINS SALOMÃO

Professora universitária, graduada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), mestre em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-doutora na mesma área pela University of California (EUA). Atualmente, é deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais. Na Câmara, é membro titular da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, da Comissão Especial do Fator Previdenciário e do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Casa e Presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Federais.

MARIA STELLA PECCIN

Possui graduação em Fisioterapia pela Faculdade de Ciências da Saúde do Instituto de Porto Alegre (1990), mestrado em Reabilitação pela Universidade Federal de São Paulo (2001) e doutorado em Ciências, área de concentração Saúde Baseada em Evidências pela Universidade Federal de São Paulo (2005). Pesquisadora do Centro Cochrane do Brasil. Foi chefe do Departamento de Ciências do Movimento Humano da UNIFESP desde sua criação até novembro de 2014. É professora orientadora dos programas de Pós-graduação em Saúde Baseada em Evidências e Interdisciplinar em Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo, professora associada da Universidade Federal de São Paulo. Docente responsável pela disciplina de Didática do Ensino Superior do Programa de Pós-graduação em Saúde Baseada em Evidências da UNIFESP desde 2012. Coordenadora do Programa de Residência Multiprofissional em Ortopedia e Traumatologia da UNIFESP . Foi representante eleita dos professores adjuntos no Conselho de Administração da UNIFESP e atualmente membro do Conselho Curador da FAP-UNIFESP indicada pelo CONSU . Pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior - PUCRS e Aparelho Locomotor no Esporte - UNIFESP. Líder do Grupo de Pesquisa do CNPQ de Prática Baseada em Evidências. Membro do Grupo de Pesquisa de Educação Interprofissional em Saúde (GPEIS) e Vice-coordenadora do Centro Internacional Colaborador da BEME da UNIFESP - BICC-BEME UNIFESP e membro do BEME Board.

MARILENA ROSALEN

É professora do Campus Diandema da UNIFESP e orientadora pelo Programa de Mestrado Ensino de Ciências e Matemática e pelo Programa de Mestrado em Ciências da Saúde. É coordenadora da Comunidade Movimentos Docentes (rede social) e representante do Campus Diadema na Comissão do PAD.

MARIMELIA APARECIDA PORCIONATTO

Biomédica formada pela Escola Paulista de Medicina (EPM), com mestrado e doutorado em Biologia Molecular pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), mestrado em História da Ciência (2001) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Realizou pós-doutorado na EPM-UNIFESP e no Dana-Farber Cancer Institute (DFCI) / Harvard Medical School e é Livre Docente em Biologia Molecular pela UNIFESP. É Professora Associada Livre Docente da Disciplina de Biologia Molecular do Departamento de Bioquímica, orientadora e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Biologia Molecular da EPM-UNIFESP, pesquisadora do INCT-Regenera e da RNTC (Rede Nacional de Terapia Celular), e Coordenadora de Programas e Projetos Internacionais da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFESP. Tem se dedicado à neurobiologia, atuando principalmente no estudo da neurogênese em resposta a lesões no SNC e doenças neurodegenerativas; bioengenharia tecidual aplicada ao SNC; e fabricação de sistemas biomiméticos do SNC.

MARINA PEREIRA DE ALMEIDA MELLO

Docente da Unifesp/EFLCH (Desigualdades de raça, gênero e políticas públicas). Doutora em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em História Econômica pela mesma universidade, onde graduou-se e licenciou-se em História. Concluiu estágio pós doutoral com pesquisa na área de Pós-colonialismos e Cidadania global, realizada no CES/UC - Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, com financiamento da CAPES

MARLY VICENTE DA SILVA

Presidente e fundadora do Instituto Sócio Ambiental e Cultural da Vila dos Pescadores em Cubatão (ISAC VP) - https://www.facebook.com/ISACViP/

MARTIN RAVALLION

Martin Ravallion holds the inaugural Edmond D. Villani Chair of Economics at Georgetown University. Prior to joining Georgetown in 2013 he was Director of the World Bank’s research department, the Development Research Group. Martin joined the World Bank in 1988 and worked in almost all sectors and all regions over the following 24 years. Prior to joining the Bank, he was on the faculty of the Australian National University. He holds a Ph.D. in economics from the London School of Economics, and (in addition to Georgetown) he has taught economics at L.S.E., Oxford University, the Australian National University, Princeton University and the Paris School of Economics. Martin’s main research interests over the last 30 years have concerned poverty and policies for fighting it. He has advised numerous governments and international agencies on this topic, and he has written extensively on this and other subjects in economics, including five books and 250 papers in scholarly journals and edited volumes. His latest book, ''The Economics of Poverty: History, Measurement and Policy,'' was published by Oxford University Press in January 2016. Martin is the ex-President of the Society for the Study of Economic Inequality, a Research Associate of the National Bureau of Economic Research, a Non-Resident Fellow of the Center for Global Development and a Senior Fellow of the Bureau for Research in Economic Analysis of Development. Among various prizes and awards, in 2012 he was awarded the John Kenneth Galbraith Prize from the American Agricultural and Applied Economics Association, in 2016 he received a Frontiers of Knowledge Award from the BBVA Foundation, Madrid, and in 2018, he was awarded an Honorary Doctorate in Economics by the University of Fribourg, Switzerland.

MAURÍCIO PINHEIRO DE OLIVEIRA

Possui graduação em Engenharia Industrial Química, Mestrado e Doutorado pela EEL-USP, especialização em Gestão e Desenvolvimento pela Fundação Don Cabral – FDC, professor visitante/pós-doutorado pela McGill University no Canadá. Bolsista de Produtividade DT do CNPq -nível 2 e coordenador da Unidade Embrapii ICT-UNIFESP. Membro do conselho fiscal da FapUNIFESP e membro dos conselhos de administração e técnico da Agência de Inovação Tecnológica e Social (AGITS). Atuou em empresas de grande porte em PD&I, transferência de tecnologia e suporte técnico em polímeros. Foi coordenador do Laboratório de PD&I da Hexion Química e gerente técnico do laboratório de PD&I de polímeros da BASF SA para a América do Sul. É professor no ICT-UNIFESP e coordenador dos projetos de pesquisa em parceria com a BASF SA e projetos financiados pela FAPESP e CNPq. Atua na área de engenharia de materiais, com ênfase em polímeros, síntese de polímeros, e processos de polimerização. Possui parcerias com empresas, universidades e institutos de pesquisa.

MIRIAM GALVONAS JASIULIONIS

Professora associada livre-docente do Departamento de Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo. Possui graduação em Ciências Biológicas, modalidade médica, pela Escola Paulista de Medicina (1990), Mestrado (1993) e Doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Escola Paulista de Medicina (1997). Tem experiência na área de Biologia Celular e Molecular do Câncer, com ênfase na relação entre estresse oxidativo, alterações epigenéticas (metilação de DNA, modificações em histonas e miRNAs) e transformação maligna e progressão do melanoma, e no estabelecimento de modelos de estudo de iniciação e progressão tumoral.

MOISÉS EVANDRO BAUER

Professor Titular de Imunologia da Escola de Ciências da Saúde e da Vida (PUCRS). Coordena o Laboratório de Imunobiologia (Escola de Ciências da Saúde e da Vida). É orientador do núcleo permanente dos programas de pós-graduação em Gerontologia Biomédica (CAPES 7) e Biologia Celular e Molecular (CAPES 6) da PUCRS. Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), doutorado em Neuroimunologia (University of Bristol, UK, 1999) e pós-doutoramento em Imunologia Celular (Université Paris V, 2008). Publicou mais de 120 artigos em periódicos científicos internacionais. É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq (categoria 1B). Tem experiência nas áreas de Neuroimunologia e Imunossenescência. Estuda os mecanismos neuroimunoendócrinos do envelhecimento precoce do sistema imune em várias populações humanas, incluindo idosos saudáveis, pacientes com artrite reumatoide, esquizofrenia e transtorno bipolar.

MONICA LEVY ANDERSEN

Professora Associada Livre-Docente, Coordenadora da CEUA e da Câmara de Pós-graduação e Pesquisa da EPM

MONICA TAMINATO

Professora da Escola Paulista de Enfermagem, desenvolve pesquisas com ênfase em Epidemiologia e Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Prevenção e controle de infecções relacionadas à assistência à Saúde, Infecções transmissíveis, Infecções Sexualmente Transmissíveis, Modelos em Saúde e Revisões Sistemáticas.

MÁRCIA ABRAHÃO MOURA

Márcia Abrahão Moura é reitora da UnB (Universidade de Brasília) e primeira mulher a ocupar o cargo na instituição. Possui graduação, mestrado e doutorado em Geologia pela UnB, com período sanduíche na Université d'Orleans e BRGM, na França. Fez estágio pós-doutoral na Queen's University, no Canadá. Foi diretora do Instituto de Geociências da Universidade e decana de Ensino de Graduação de abril de 2008 a dezembro de 2011, quando coordenou o Reuni, o programa de reestruturação das universidades federais.

MÁRCIO JOSÉ MACEDO

Possui graduação em Ciências Sociais e Mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). É Master of Arts e Sociology PhD Candidate pela The New School for Social Research. Atualmente trabalha como professor e coordenador de diversidade da Fundação Getúlio Vargas (EAESP). Suas áreas de atuação e interesse são sociologia urbana, sociologia da cultura, sociologia política, relações raciais, pensamento social brasileiro e biografia.

NAERCIO MENEZES FILHO

Naercio Menezes Filho é Professor Titular da Cátedra Ruth Cardoso no Insper, Professor Associado da FEA-USP, Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências e da Ordem Nacional do Mérito Científico, Colunista do Valor Econômico. Naercio é PhD em Economia pela Universidade de Londres e desenvolve pesquisas nas áreas de educação, mercado de trabalho, distribuição de renda, produtividade e comércio internacional. Naercio Menezes Filho is the Ruth Cardoso Professor of Economics at Insper, Associate Professor at the University of São Paulo, Fellow of the Brazilian Academy of Sciences and of the National Scientific Order of Merit. Naercio has a PhD in Economics from the University College London and his main research areas are the economics of education, child development, labor market, inequality, productivity and trade.

NANCY BELLEI

Nancy Bellei ´professora afiliada da DIPA, virologista , Menbro da International Society of influenza and Respiratory Viral Diseases e Consultora para Influenza e COVID-19 para Ministerio da Saude e PAHO.

NAOMAR DE ALMEIDA FILHO

Professor Titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Médico, Mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia. Doctor of Science Honoris Causa McGill University, Canadá. Ex-Reitor da Universidade Federal da Bahia e da Universidade Federal do Sul da Bahia; atual professor visitante e titular da Cátedra de Educação Básica do IEA USP.

NATALIA PASTERNAK TASCHNER

Natalia Pasternak é formada em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP), PhD com pós-doutorado em Microbiologia, na área de Genética Molecular de Bactérias pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). Foi diretora no Brasil do festival internacional de divulgação científica Pint of Science - Um Brinde à Ciência, coordenando palestras em 85 cidades. É colunista do jornal O Globo, da revista The Skeptic UK, colunista da revista Saúde, e autora do livro Ciência no Cotidiano, da editora Contexto. Atualmente é pesquisadora colaboradora do ICB-USP, no Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas (LDV), membro da Science Teaching Fellows Alumni Community da American Society for Microbiology, publisher da revista Questão de Ciência e diretora-presidente do Instituto Questão de Ciência (www.iqc.org.br), o primeiro Instituto brasileiro para promoção de pensamento crítico e racional, e políticas públicas baseadas em evidências científicas.

NELSON MALDONADO-TORRES

Nelson Maldonado-Torres es catedrático en el Departamento de Estudios “Latinos” y del Caribe y en el Programa de Literatura Comparada de la Universidad de Rutgers, New Brunswick, Nueva Jersey (EEUU). Es también Director del Instituto de Estudios Avanzados Criticos del Caribe y del Programa de Literatura Comparada de la misma universidad. Junto a Mireille Fanon Mendes France, dirige la Fundación Frantz Fanon en París, Francia y fue Presidente de la Asociación Caribeña de Filosofía (2008-2013). Cuenta con múltiples publicaciones sobre el pensamiento caribeño, negro, y decolonial y colabora con varios movimientos transdisciplinarios y extra-académicos de cambio epistemic y social. Entre sus publicaciones cuentan la colección de ensayos La descolonización y el giro descolonial publicado por la Editorial de la Universidad de la Tierra en Chiapas, México, el libro co-editado Decolonialidade e pensamento afrodiaspórico (2018), publicado por la Editorial Autêntica en Brazil, y el ensayo “Transdisciplinaridade e decolonialidade,” publicado en la Revista Sociedade e Estado en el 2016.

NELSON SASS

Vice Reitor eleito da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) para período 2017-2021. Livre-Docente (2009) pela UNIFESP. Professor Associado do Departamento de Obstetrícia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Responsável pelo Setor de Hipertensão Arterial e Nefropatias na Gravidez. Atua na assistência, graduação médica, extensão e pós graduação. Orientador do Programa de Pós-graduação Obstetrícia com linhas de pesquisa relacionadas às síndromes hipertensivas, nefropatias e transplante renal. Foi Coordenador do Programa de Pós-graduação Obstetrícia da UNIFESP de 2010-2017. Diretor de Pesquisa da FAP (Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo) de 2014-2017. Foi Coordenador Didático, Assistencial, Científico e Supervisor da Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia da Maternidade Escola de Vila Nova Cachoeirinha (Secretaria da Saúde do Município de São Paulo) de 1996-2019. Professor Adjunto e Coordenador do Internato de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade de Mogi das Cruzes desde 2007. É editor dos livros Hipertensão Arterial e Nefropatias na Gravidez (Guanabara-Koogan 2006) e OBSTETRÍCIA (Grupo GEN, 2013). É o representante do Brasil no International Council da International Society for the Study of Hypertension in Pregnancy (ISSHP)

NILDO ALVES BATISTA

Professor Titular da Universidade Federal de São Paulo, é médico, pediatra, mestre em Medicina (Pediatria) e doutor em Medicina (Pediatria) pela Universidade de São Paulo e Livre-Docente em Educação Médica pela Universidade Federal de São Paulo. Atual Presidente da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM). Diretor (2015 -) do Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde (CEDESS), foi seu fundador e primeiro diretor (1997-2005). Professor orientador do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da saúde, níveis mestrado acadêmico e doutorado e do Programa de Mestrado Profissional Ensino em Ciências da Saúde. Vem desenvolvendo atividades de ensino e pesquisa relacionadas com a Educação Médica e com o Ensino na Saúde desde 1990, atuando principalmente nas seguintes áreas: educação médica, docência e formação docente em Medicina e no ensino em ciências da saúde.

OLGÁRIA CHAIN FÉRES MATOS

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1970), mestrado em Filosofia - Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne) (1974) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1985). Atualmente é professora titular aposentada da Universidade de São Paulo e professora titular no Departamento de Filosofia da EFLCH-Unifesp. É Coordenadora da Cátedra Edward Saïd (Unifesp). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia, atuando principalmente nos seguintes temas: tempo, filosofia, razão, democracia e história.

OZANI MARTINIANO DE SOUZA

Diretora de Escola da EE Prof. Antonio Viana de Souza; foi professora da rede estadual e municipal de SP; formada em Ciência Sociais e Mestre em Sociologia pela PUC SP. Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Educação na UNIFESP. Integra a GEPUD -Grupo Escola Pública e Democrática e a REPU- Rede Escola Pública e Universidade.

PADRE JÚLIO RENATO LANCELOTTI

Nasceu em 1948, é sacerdote católico, formado em pedagogia e teologia, foi professor primário, professor universitário, membro da Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo desde seu início e há mais de dez anos é o Vigário Episcopal do povo de rua, com muitas virtudes e particularmente a virtude da caridade vivida na esperança. Padre Júlio é fiel servidor da Igreja de Cristo há 22 anos como presbítero. É pároco da pequena Igreja São Miguel Arcanjo, na Mooca, zona leste de São Paulo. Um sacerdote de missa diária e compromisso eterno. Um homem que não se cansa de lutar contra o pecado e a injustiça. Um testemunho para a comunidade, em que senhores e senhores se cotizam para ajudar a emancipar pessoas de situações de miséria e de exclusão

PADRE PAULO RENATO F. G. CAMPOS

Padre Paulo Renato de Campos é assessor político na CNBB.

PATRICIA ELLEN

Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo. É formada em Administração de Empresas pela FEA-USP, com mestrado em Administração Pública pela Harvard Kennedy School e MBA pelo Insead. Patricia foi presidente da Optum no Brasil, empresa de tecnologia em saúde do grupo United Health. Ex-sócia da consultoria McKinsey & Company, é professora de Liderança e Inovação Digital no Mestrado em Liderança e Gestão do Centro de Liderança Pública. Foi membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República. É co-fundadora do Movimento Agora e foi nomeada Jovem Líder Global pelo Fórum Econômico Mundial em 2016.

PATRÍCIA RIOS POLETTO

Graduada em Fisioterapia pela Universidade Estadual de Londrina (1998), Mestre (2004) e Doutora (2007) em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos. Docente da Universidade Federal de São Paulo/Campus Baixada Santista. Experiência de 11 anos em educação interprofissional na formação de profissionais de saúde no Campus Baixada Santista da Unifesp. Atualmente é assessora nacional do PET –Saúde/Interprofissional.

PAULA CAROLEI

Atualmente é professora adjunta da UNIFESP na área de Tecnologia Educacional da Universidade Aberta e coordenadora da graduação em tecnogia em Design Educacional e faz parte do Grupo de Pesquisa CCM (Comunicação e Criação em Mídias) da PUC-SP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação online, atuando principalmente nos seguintes temas: Didática e Práticas Pedagógicas, Novas Tecnologias e Educação, Gamificação e Design Instrucional, Educação Simbólica, Tecnologias Assistivas e Inclusão e Metodologia de Pesquisa

PAULO ARTAXO

Prof. Paulo Artaxo realizou sua graduação em Física pela Universidade São Paulo (1977), mestrado em Física Nuclear pela USP (1980) e é doutor em Física Atmosférica pela USP (1985). Trabalhou na NASA (Estados Unidos), Universidades de Antuérpia (Bélgica), Lund (Suécia) e Harvard (Estados Unidos). Atualmente é professor titular do Departamento de Física Aplicada do Instituto de Física da USP. Trabalha com física aplicada a problemas ambientais, atuando principalmente nas questões de mudanças climáticas globais, meio ambiente na Amazônia, física de aerossóis atmosféricos, poluição do ar urbana e outros temas. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da World Academy of Sciences (TWAS) e vice presidente da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP). Publicou mais de 480 trabalhos científicos e apresentou 1020 papers em conferências científicas internacionais. Tem mais de 22.900 citações de seus trabalhos no ISI Web of Science com índice H de 82, e publicou 26 trabalhos nas revistas dos grupos Science e Nature. Coordenou dois Institutos do Milênio do CNPq e é membro de 7 outros painéis científicos internacionais. É coordenador do Programa FAPESP de Mudanças Climáticas Globais, e membro do INCT Mudanças Climáticas. É representante da comunidade científica no CONAMA. Em 2004 recebeu um voto de aplauso do Senado Brasileiro pelo trabalho científico em meio ambiente na Amazônia. Em 2006 foi eleito fellow da American Association for the Advancement of Sciences. É membro da equipe do IPCC que foi agraciada com o Prêmio Nobel da Paz de 2007. Em 2007 recebeu o prêmio de Ciências da Terra da TWAS e o Prêmio Dorothy Stang de Ciências e Humanidades de 2007. Em 2009 foi agraciado com o título de Doutor em Filosofia Honoris Causa pela Universidade de Estocolmo, Suécia. Em 2010 recebeu o prêmio Fissan-Pui-TSI da International Aerosol Research Associations. Também recebeu em 2010 a Ordem do Mérito Científico Nacional, na qualidade de comendador, em em 2018 na qualidade de Grão Cruz. Em 2017 recebeu o Prêmio Globo Faz a Diferença. Recebeu o prêmio de Most Cited Researcher da Clarivate Analytics em 2014, 2015, 2018 e 2019.

PAULO ROBERTO ABRÃO FERREIRA

Possui graduação em medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora, residência médica na disciplina de infectologia da Universidade Federal de São Paulo, mestrado em Infectologia pela Universidade Federal de São Paulo e doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é medico assistente da Universidade Federal de São Paulo, coordenador do ambulatório de HIV e hepatites virais.

PAULO SCHOR

Paulo Schor recebeu seu MD em Medicina pela Universidade de São Paulo (FMRP-USP) em 1989, mestrado em Oftalmologia (1995) e doutorado em Ciências (1997) pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP) Atualmente é Professor Titular de Medicina e Tecnologia Oftálmica e Professor do Curso de Pós-Graduação em Oftalmologia e Informática em Saúde da EPM-UNIFESP e é atual diretor da Agência de Inovação Tecnológica e Social da Unifesp. Coordena o Setor de Bioengenharia Ocular, onde desenvolveu 22 produtos tecnológicos, 18 processos e técnicas de inovação, 7 softwares relacionados à educação e saúde. Também possui 5 patentes. Publicou 135 artigos completos em literatura de revisão por pares, mais de 250 comunicações em reuniões, 22 capítulos de livros e recebeu 5 prêmios. Interaja com 182 colaboradores em coautorias. Sua principal área de interesse é Óptica Cirúrgica (em Catarata e Cirurgia Refrativa), Óptica Fisiológica (Equipamento Básico, Cirúrgico e de Diagnóstico), Instrumentação Cirúrgica e Ensino. Orientou 15 teses de doutorado, 3 monografias de mestrado e 11 de graduação e participou do treinamento de mais de 70 bolsistas cirúrgicos em cirurgia refrativa. Possui bolsa de estudos em inovação e tecnologia pelo Conselho Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento

PAULO SÉRGIO CEREDA

Gerente Regional do SEBRAE no Grande ABC Paulista, Paulo Cereda atuou por mais de duas décadas como consultor empresarial no desenvolvimento de projetos de desenvolvimento econômico nos Arranjos Produtivos Locais (APL), com foco no ganho de competitividade. Atuou também em apoio a políticas públicas de desenvolvimento local e regional, tendo a oportunidade de desenvolver trabalhos de turismo nas cidades de Brotas, Caconde, Espírito Santo do Pinhal, São José do Rio Pardo e Mococa. Docente há 20 anos em cursos de graduação e pós graduação nas disciplinas de economia, engenharia econômica, técnicas de consultoria empresarial, empreendedorismo, elaboração e análise de projetos e gestão de preços e produtos na Trevisan Escola de Negócios e no Centro Universitário Central Paulista. Contribuiu para a implementação de disciplinas de empreendedorismo na Universidade Federal de São Carlos e na Escola de Engenharia de São Carlos, da USP. Palestrante e conferencista em temas de empreendedorismo, economia, gestão estratégia e inovação. Convidado pelas principais universidades de São Paulo para palestras sobre empreendedorismo e desenvolvimento econômico vários congressos e simpósios.

PEDRO FIORI ARANTES

Arquiteto e Urbanista, doutor pela USP, professor de História da Arte e Pró-Reitor de Planejamento da Unifesp. Pesquisa e atua principalmente nos seguintes temas: teoria e crítica de arquitetura e arte contemporâneas, políticas e projetos de habitação popular, autogestão e reforma urbana, projeto de equipamentos públicos, política universitária.

PEDRO PAULO GOMES PEREIRA

Livre Docente pela Universidade Federal de São Paulo (2013). Professor Associado da Universidade Federal de São Paulo. Professor do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo. Coordenador do Quereres - Núcleo de Pesquisa em Diferenças, Direitos Humanos e Saúde.

PIRULA

Pirula é biólogo, paleontólogo e doutor em zoologia pela USP, Youtuber, palestrante e divulgador científico. Um dos pioneiros na divulgação em vídeos, começou a atuar no YouTube em 2011. É conhecido por ter vídeos de longa duração e abordar temas espinhosos envolvendo religião, Ciência e meio ambiente. Também foi vencedor em 2014 do prêmio Shorty Awards, na categoria Educação. Foi um dos criadores do projeto Science Vlogs Brasil, e seu canal hoje conta com 900 mil inscritos. Autor dos livros “Darwin sem frescura” e “Como os vírus e as pandemias evoluem”

PRETO ZEZÉ

Ex-lavador de carro nas ruas de Fortaleza, rapper, empresario, produtor cultural, repórter no Quadro Talentos da Comunidade na TV Verdes Mares/afiliada da Rede Globo no Ceará, escritor, autor dos livros A Selva da Pedra : a Fortaleza Noiada ( 2014) e Das Quadras Para o Mundo (2019), consultor em planos de de oportunidades para governos e empresas. Preto Zeze tambem é CEO e fundador do Lis - Laboratório de inovação social. Ativista de uma agenda positiva nas favelas para transformar o estigma em carisma as dificuldades em oportunidades. Especialista em planejamento e agendas comuns Mestre em sobrevivência nas Quadras, Doutor nas ruas do Brasil e Pós doutor em conexões de potências e compartilhamento de oportunidades.

RABINO Y. DAVID WEITMAN

Nasceu na Bélgica, frequentou academias talmúdicas em Israel, França e Nova York. Em 1979 graduou-se juiz de corte rabínica, ano em que chegou ao Brasil. Em 1990 fundou o Centro Judaico Chabad Morumbi e dois anos depois estabeleceu a Instituição Beneficente Israelita Ten Yad, dedicada ao combate à fome e ao resgate da dignidade de pessoas carentes. Reconhecido articulista e palestrante sobre pensamento judaico, misticismo e temas contemporâneos. Rabino Y. David Weitman é o autor de "Bandeirantes Espirituais do Brasil" que descreve a contribuição judaica no Brasil colonial e atua como rabino na Sinagoga Beit Yaacov da Congregação e Beneficência Sefardi Paulista, situada na região de Higienópolis.

RAIANE PATRÍCIA SEVERINO ASSUMPÇÃO

Graduação em Ciências Sociais, mestrado e doutorado (2008) em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Docente DE na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Professora no curso de graduação em Serviço Social e pós-graduação em Serviço Social e Políticas Sociais - Campus Baixada Santista; líder do grupo de pesquisa e extensão em Violência do Estado, Direitos Humanos e Educação Popular; pesquisadora do Centro de Antropologia e Arqueologia Forense (CAAF) - UNIFESP; membro do Centro de Educação em Direitos Humanos/ UNIFESP-BS. Está como pró-reitora de Extensão e Cultura na PROEC/UNIFESP. Foi membro de grupos de pesquisas sobre Estado e Governo; Políticas Públicas e Educação. Tem experiência na gestão de Políticas Públicas, no desenvolvimento de processos formativos via Educação Popular e em pesquisa nas seguintes áreas:Instituições Políticas Brasileiras (especialmente sobre partidos políticos e eleições); Políticas Públicas, Educação Popular; Violência de Estado e Direitos Humanos.

RAPHAEL NEVES

Professor Adjunto de Direito Constitucional na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Bacharel em direito e mestre em ciência política, ambos pela Universidade de São Paulo. PhD em ciência política pela New School for Social Research Sua pesquisa abrange os seguintes temas: Teoria Constitucional e Teoria Política Contemporânea.

RAQUEL GOULART BARRETO

Graduada em Letras (Português-Inglês) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde também cursou Mestrado e Doutorado em Educação e atuou como professora de 1977 a 2002, data da sua aposentadoria. Atualmente é Professor Associado e Procientista da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. É pesquisadora da área de Educação, subárea de Política Educacional, com ênfase na incorporação das Tecnologias da Informação e da Comunicação à formação e ao trabalho docente, a partir do referencial teórico da Análise Crítica do Discurso. Tem se dedicado à análise dos modos pelos quais as referidas tecnologias têm sido representadas nas formulações acerca dos processos de ensinar e aprender, bem como em práticas pedagógicas concretas, historicamente dimensionadas. Líder do Grupo de Pesquisa Educação e Comunicação, em cuja página (http://www.educacaoecomunicacao.org) são encontradas informações complementares acerca de pesquisas e produções acadêmicas.

RAQUEL ROLNIK

Urbanista e arquiteta, é professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi diretora de planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo (1989-92), secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-07) e consultora de cidades brasileiras e latino-americanas. De 2008 a 2014 foi relatora especial da ONU para o Direito à Moradia Adequada. Atuou como colunista de urbanismo da Rádio CBN-SP, Band News FM e Rádio Nacional, e do jornal Folha de S.Paulo, mantendo hoje coluna na Radio USP, UOL e em sua página raquelrolnik. É autora, entre outros, de A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo (Studio Nobel, 1997), Guerra dos lugares: A colonização da terra e da moradia na era das finanças (Boitempo, 2016) e Territórios em Conflito - São Paulo: espaço, história e política.

REED NELSON

Professor Titular na Moody College of Business d University of Louisiana

REGIANE ALBERTINI DE CARVALHO

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999), mestrado em Engenharia Biomédica pela Universidade do Vale do Paraíba (2001) e doutorado em Engenharia Biomédica pela Universidade do Vale do Paraíba (2006). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP- campus São José dos Campos .Vice-diretora do ICT_ UNIFESP - campus São José dos Campos.Revisora de 5 importantes periódicos e das agencias de Fomento Fapesp, CNPQ e Capes.

REINALDO SALOMÃO

Professor Titular da Disciplina de Infectologia, Departamento de Medicina, EPM/Unifesp Chefe do Laboratório de Pesquisa em Sepse (LPS) e Autor-organizador do livro "Infectologia - bases clínicas e tratamento"

RENAN BERNARDI KALIL

Renan Bernardi Kalil é Procurador do Trabalho em São Bernardo do Campo e integra o Grupo de Trabalho "Plataformas Digitais" da CONAFRET. É Doutor em Direito pela Universidade de São Paulo (USP). É integrante do Grupo de Trabalho Digital da Rede de Monitoramento da Reforma Trabalhista (REMIR) e do Grupo de Estudos Impactos das Novas Morfologias do Trabalho sobre a Vida dos Trabalhadores do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP).

RENATA GONÇALVES

Docente da Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista, onde coordena o Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti - Gênero, Sexualidades, Feminismos e o Núcleo de Estudos Refexos de Palmares: análise da questão racial no Brasil. É doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas. É vice-coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) da Unifesp. Atualmente, se dedica a pesquisar as classes sociais em sua imbricação com as relações de gênero e raça; feminismo negro; racismo no Brasil e movimentos sociais.

RENATO JANINE RIBEIRO

Renato Janine Ribeiro foi Ministro de Estado da Educação, de 6 de abril a 5 de outubro de 2015. Desde 1994, é professor titular da Universidade de São Paulo, na disciplina de Ética e Filosofia Política. Em 2016 se tornou Professor Honorário do Instituto de Estudos Avançados da USP. É pesquisador sênior do CNPq e professor sênior da Universidade de São Paulo. Foi professor visitante na UNIFESP, entre 2018 e 2020, onde criou, em 2019, o Instituto de Estudos Avançados e Convergentes / IEAC-UNIFESP, do qual foi o primeiro presidente, entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020. Também é secretário nacional da SBPC, para o quadriênio 2019-23. Formou-se em Filosofia pela USP em 1971 e defendeu seu mestrado na Université de Paris-I, Panthéon-Sorbonne, em 1973. Concluiu o doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo em 1984.

REPRESENTANTE DOS DIRETORES ACADÊMICOS DA UNIFESP

RICARDO RIBEIRO TERRA

Professor Titular de Teoria das Ciências Humanas na Universidade de São Paulo (USP), pesquisador do CEBRAP e bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq (IA). Graduou-se (1971), doutorou-se (1981), obteve o título de livre-docente (1998) em Filosofia pela USP; e o Diplôme d´études approfondies en Philosophie pela Université de Paris I / Panthéon-Sorbonne (1977). Foi Presidente da Comissão de Consultores da Área de Filosofia/Teologia da CAPES (1991-1995), Membro do Comitê de Assessoramento de História e Filosofia (CA / HF) do CNPq (2002-2005), Presidente da Sociedade Kant Brasileira (2006-2010),pesquisador principal de três Projetos Temáticos consecutivos da FAPESP no CEBRAP: coordenador pela parte brasileira de dois Acordos CAPES/COFECUB , membro da CERT/USP (1998-2002 e 2011 -2014),. É atualmente editor dos Cadernos de Filosofia Alemã, editor associado da revista Analytica, membro da coordenação de Ciências Humanas (Filosofia) da FAPESP, vice-presidente da Société d'Etudes Kantiennes de Langue Française (SEKLF) Tem experiência nas áreas de Filosofia Política Alemã (Kant), Ética, Teoria das Ciências Humanas e Teoria Crítica.

RICARDO SOBHIE DIAZ

Professor Associado e Livre Docente da Disciplina de Infectologia, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, Brasil e Pesquisador 1C. Atua como Diretor do Laboratório de Retrovirologia desta Instituição, conduzindo pesquisa nas áreas de virologia, biologia molecular, pesquisa transicional (translacional) e pesquisa clínica relacionada ao HIV e vírus relacionados. Lidera um grupo de pesquisadores que conduzem pesquisa em áreas básica e clínica incluindo alunos de pós-graduação em diversos níveis. Atua também como Consultor Externo do Programa Nacional de DST/AIDS na área de Laboratório e é membro do Consenso para o Tratamento Antirretroviral de Adultos e Adolescentes do Ministério da Saúde do Brasil.Consultor Externo do Programa Nacional de DST/AIDS na área de laboratório e na área de tratamento antirretroviral de adultos.

RITA JOVER-FALEIROS

Professora do Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Unifesp, desenvolve pesquisa na área da leitura literária e seu ensino. Atualmente é Coordenadora de Desenvolvimento Docente junto à Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad)

ROBERTA SESSA STILHANO YAMAGUCHI

Possui graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), com habilitação em Biologia Molecular e Análises Clínicas. Mestre e doutora em Ciências pelo programa de pós-graduação em Biologia Molecular- UNIFESP. Pós-doutorado na área de Biomateriais na University of California, Biomedical Engineering Department, Davis, Califórnia, Estados Unidos. Pós-doutorado no Departamento de Farmacologia e Bioquímica da UNIFESP. Atualmente é professora assistente no Departamento de Ciências Fisiológicas (FCMSCSP), onde desenvolve pesquisa relacionada a área de Terapia Gênica e Celular via hidrogel de alginato para doenças do sistema osteomuscular e doenças raras. Atua nas áreas de: Terapia gênica e celular, Autofagia, Hidrogel de alginato, Lesão Muscular e doenças raras.

RODRIGO CAYÔ DA SILVA

Professor Adjunto e Vice-Chefe do Setor de Biologia Molecular, Microbiologia e Imunologia do Departamento de Ciências Biológicas - DCB do Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas - ICAQF da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, Campus Diadema. Biólogo com mestrado, doutorado e pós-doutorado pelo Programa de Pós-graduação em Infectologia da UNIFESP.

RONALDO ADRIANO CHRISTOFOLETTI

Minha atuação profissional integra duas áreas de conhecimento: Ciências do Mar e Comunicação Científica. Biólogo de formação e consultor do Conselho Britânico para workshops de Comunicação Científica e treinador dos finalistas das competições nacionais (Famelab/British Council e ScienceSlam/Euraxess) e participante da Rede de Especialistas em Conservação e Comunicação da Fundação Grupo Boticário. Coordenador do projeto de ensino, pesquisa e extensão onde estão sendo desenvolvidos os Programas de Ciência Cidadã e de Políticas Públicas Participativas para a zona costeira. Minha atuação se dá por uma extensiva rede de colaborações nacionais e internacionais, com destaque ao intensivo investimento na consolidação de parcerias entre o Brasil e Reino Unido ao longo dos últimos 10 anos.

RONALDO JOSÉ TORRES

Oceanólogo com mestrado em Engenharia Oceânica e doutorado em Química Analítica Ambiental. Professor de Ciências do Mar e Engenharia Ambiental no Instituto do Mar, Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Trabalha com Avaliação de Impactos Ambientais, principalmente em região costeira e oceânica (com foco principal em regiões portuárias). Tem atuado nas questões da cava subaquática desde dezembro de 2017, tendo participado na elaboração de laudo pericial sobre o empreendimento.

ROSANE DA SILVA BORGES

Jornalista, pesquisadora colaboradora do Colabor (Centro Multidisciplinar de Pesquisas em Criações Colaborativas e Linguagens Digitais), da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP). É doutora e mestre em Ciências da Comunicação pela USP (2008), ex-coordenadora nacional do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC), da Fundação Palmares, órgão do Ministério da Cultura (2013). Coordenou projeto de Educação em Comunicação e Direitos Humanos do Ceaslas (Centro de Ensino e Assistência Social La Salle); Foi assessora de projetos da Congregação Scalabrinias, trabalhou na área de Comunicação e Tecnologia do Instituto Geledés, coordenou o programa de Comunicação do Instituto kuanza;. Integrou o grupo de professores do Curso de Especialização "Cultura e meios de comunicação: uma abordagem teórico-prática" do Sepac (Serviço a Pastoral da Comunicação) da Congregação Paulinas em convênio com a PUC-SP (2001-2006) com as disciplinas na área de administração, produção editorial e ética jornalística;; Ex docente da Universidade Estadual de Londrina . Possui experiência docente e prática no campo das teorias da comunicação, da filosofia da comunicação, da comunicação, cultura e sociedade, da produção audiovisual e multimídia. Atua na área dos imaginários, imaginários tecnológicos estéticos, audiovisualidades e representações, mediações culturais e práticas educomunicativas.. A partir da comunicação, vincula-se ao campo das pesquisas sobre raça, gênero e problemas brasileiros. É articulista da Revista Carta Capital Digital e do blog da Editora Boitempo, escreve regularmente nos portal de notícia "Jornalistas Livres". Integra o CORE (Conselho Internacional Reinventando a Educação), cujo patrono é o pensador Edgard Morin e o selo eiditorial Aquilombô (MG). Integrou o comitê editorial de selos da editora Imprensa Oficial e da revista Caligrama (USP). Fez parte também do Conselho Nacional de Promoção de Políticas da Igualdade Racial (CNPIR) da Seppir (Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (2012-2014). Possui diversos livros publicados, entre eles: Esboços de um tempo presente (2016), Mídia e Racismo (2012); Jornal: da forma ao discurso (2002), Rádio: a arte de falar e ouvir (2003), Espelho infiel: o negro no jornalismo brasileiro (2004).

ROSANGELA SOARES CHRIGUER

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1998), Mestre em Fisiologia pela Universidade de São Paulo (2001), Especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal de São Carlos. Possui Doutorado (2005) e Pós-Doutorado (2009) em Ciências Médica pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Docente Associada do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo . Tenho experiência área de Fisiologia neuro-endócrina e cardiovascular. Minha linha de pesquisa concentra-se, no momento, nos aspectos da nutrição clínica e experimental relacionados às doenças crônicas (Hipertensão e Obesidade) e aspectos psicobiológicos associadas ou não ao exercício físico. Atualmente sou pesquisadora colaboradora do Grupo de Estudos da Obesidade (GEO) onde vem desenvolvendo estudos relacionados aos aspectos cardiovasculares e nutricionais na obesidade clínica. Paralelamente, na experimentação animal, estuda a suplementação de compostos bio-ativos nas doenças cardiovasculares. Atual Coordenadora do Programa de Educação pelo Trabalho-PET Saúde Interprofissionalidade .

RUBENS BELFORT MATTOS JUNIOR

Graduação em Medicina pela Escola Paulista de Medicina, mestrado em Microbiologia Imunologia e Parasitologia pela Escola Paulista de Medicina, doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Escola Paulista de Medicina. Livre Docente e Professor Titular de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina, UNIFESP, Presidente do IPEPO. Membro Titular e Presidente da Academia Nacional de Medicina, Academia Brasileira de Ciências, Academia Ophthalmologica Internationalis, Academia Nacional de Farmácia e Presidente da Academia Brasileira de Oftalmologia (Presidente). Pesquisador 1A CNPq.

RUBENS RICUPERO

Embaixador do Brasil junto à ONU em Genebra, nos Estados Unidos e na Itália, foi secretário-geral da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD), em Genebra, de 1995 a 2004. Foi Ministro do Meio Ambiente e da Amazônia Legal (1993-1994) e Ministro da Fazenda (1994). O seu mais recente livro publicado é: A diplomacia na construção do Brasil 1750-2016, editado em 2017.

RUDIMAR RIVA

Graduação em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1980), Mestrado em Ciências pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1986) e Doutorado em Laser e Materiais pela Université Paris-Sud (1993). Pesquisador titular aposentado do Instituto de Estudos Avançados/CTA, onde atuou de 1981 à 2016, tendo exercido as chefias da Subdivisão de Lasers e Aplicações. Bolsista de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora CNPq, DT2 (2006-2009) e DT1D (2009-2017). Professor colaborador do programa de pós-graduação em Ciências e Tecnologias Espaciais do ITA/IEAv/IAE/DCTA, onde atua como orientador de Mestrado e Doutorado. Professor visitante do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) da UNIFESP atuando como pesquisador e docente do PPGECM. No IEAv, foi responsável pelo desenvolvimento de lasers de corante, lasers de excímero e de lasers de vapor metálico, este com transferência de tecnologia para indústria nacional. Participou do projeto de Separação Isotópica com Lasers e implantou o Laboratório de Desenvolvimento de Aplicações de Lasers e Ótica (Lab. Dedalo) com forte atuação em projetos de inovação tecnológica em parceria com o setor industrial. Coordenou o projeto de implantação da primeira Estação de Processamento de Materiais com Lasers de Yb:fibra de alta potência no Brasil. Coordenou diversos projetos de aplicação de lasers em parceria com empresas como a Tupy Fundições, EMBRAER e ThyssenKrupp. Seus principais temas de pesquisa são: ótica, lasers, processamento de materiais com laser e aplicações industriais de lasers.

RUI MONTEIRO DE BARROS MACIEL

Professor Titular Senior de Endocrinologia e Pesquisador do Laboratório de Endocrinologia Molecular e Translacional, Disciplina de Endocrinologia, Departamento de Medicina, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP). Membro Titular da Academia Nacional de Medicina. Membro da Comissão Editorial, European Thyroid Journal e Journal of the Endocrine Society.

SANDRA REGINA GOULART AMEIDA

Reitora da Universidade Federal de Minas Gerias (UFMG). Formada em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986), possui mestrado pela University da Carolina do Norte em Chapel Hill (1990), doutorado pela mesma instituição (1994) e pós-doutorado em Literatura Comparada pela Universidade Columbia, em New York, em 2000-2001, e pela UFSC em 2008. É Professora Titular da área de Estudos Literários da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq (1C) e foi bolsista do Programa Pesquisador Mineiro da FAPEMIG (2007-2017). Atualmente exerce o cargo de Reitora da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido Vice-Reitora da instituição, gestão 2014-2018. Foi Coordenadora Adjunta da área de Letras e Linguística da CAPES (2011-2014), Diretora de Relações Internacionais da UFMG (2002-2006), Secretária da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL) (2008-2010), Sub-coordenadora do GT Mulher na Literatura da ANPOLL (2002-2004), Coordenadora do Centro de Estudos sobre a Índia da UFMG (2008-2010), Presidente da Associação Brasileira de Estudos Canadenses (2001-2003) e Chefe do Departamento de Letras Anglo-Germânicas (1998-2000). É membro titular do Conselho Curador da FAPEMIG, do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Governo de Minas Gerais e do Conselho Consultivo da Presidência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Recebeu a Grande Medalha da Inconfidência, a Medalha João Guimarães Rosa e a Medalha Amigos da Marinha. É Cidadã Honorária de Belo Horizonte, título concedido pela Câmara de Vereadores da cidade. Atua na área de Literatura Comparada e Literaturas de Língua Inglesa, pesquisando principalmente os seguintes temas: literatura contemporânea, literatura pós-colonial, tradução cultural, literatura produzida por mulheres, crítica literária feminista, estudos da diáspora e do espaço na literatura contemporânea.

SHEIKH MOHAMMAD AL BUKAI

Nasceu na Siria em 1977, formou-se em Estudos Islâmicos e Árabes e pós-graduou-se em Estudos Islâmicos na Língua Espanhola no Instituto Al Fath em Damasco na Síria, Licenciou-se em Ciências da Religião na Universidade Al Azar no Egito, fez Mestrado em Direito e Política Islâmica na Malásia. Chegou ao Brasil em 2007, foi Fundador e Vice Presidente da Associação Oasis Solidário para Ajuda de Refugiados no Brasil, foi Sheikh da Mesquita da Pari, na Mesquita de Guarulhos na Mesquita da Misericórdia em Santo Amaro, e atualmente é o Sheikh da Mesquita da Brasil. É Diretor religioso da União das Entidades Islâmicas – UNI, é membro do Fórum Inter-Religioso Para Uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. Participou de Vários eventos e congressos Nacionais e Internacionais sobre temas relacionados ao Islamismo.

SHEILA CAVALCANTE CAETANO

Professora adjunta do Departamento de Psiquiatria da EPM / UNIFESP

SIDNEI ARANHA

Advogado e Mestre em Gestão Ambiental e Sustentabilidade. Com trajetória pública destacada pela defesa dos Direitos Humanos, atua como Secretário Municipal de Meio Ambiente em Guarujá - SP, com metodologia agregadora de conhecimento científico à gestão pública.

SILVESTRO MICERA

Silvestro Micera received the University degree (Laurea) in Electrical Engineering from the University of Pisa, in 1996, and the Ph.D. degree in Biomedical Engineering from the Scuola Superiore SantAnna, in 2000. From 2000 to 2009, he has been an Assistant Professor of BioRobotics at the Scuola Superiore SantAnna where he is now the Head of the Neural Engineering group. In 2007 he was a Visiting Scientist at the Massachusetts Institute of Technology, Cambridge, USA with a Fulbright Scholarship. From 2008 to 2011 he was the Head of the Neuroprosthesis Control group and an Adjunct Assistant Professor at the Institute for Automation, Swiss Federal Institute of Technology, Zurich, CH. In 2009 he was the recipient of the Early Career Achievement Award of the IEEE Engineering in Medicine and Biology Society. From 2011 he is Associate Professor and Head of the Translational Neural Engineering Laboratory at the Swiss Federal Institute of Technology Lausanne (EPFL), CH. He is author of several scientific papers and international patents. He served as Guest Editor of several biomedical engineering journals. He is currently Associate Editor of IEEE Transactions on Biomedical Engineering and of IEEE Transactions on Neural Systems and Rehabilitation Engineering. He is also member of the Editorial Board of the Journal of Neuroengineering and Rehabilitation and Deputy Editor in Chief of the IEEE EMB Magazine Pulse.

SILVIA CRISTINA GOMES NOGUEIRA

Doutoranda em Educação pela UNIFESP; Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2017); membro do Grupo de Pesquisa LEC: Linguagem, Educação e Cibercultura (UNIFESP); MBA em Gestão de Projetos pela Universidade de São Paulo - USP (em andamento); Especialista em Design Instrucional para EAD Virtual, pela Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI (2014); Especialista em Língua Inglesa, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2013); licenciada em Língua Inglesa e Portuguesa pela Universidade Ibero Americana - UNIBERO (1999); graduada em Letras com habilitação em tradutor/interprete pela Universidade Ibero Americana - UNIBERO (1996). Professora efetiva de Língua Inglesa da rede pública estadual de São Paulo desde 2006. Atualmente designada como Professora Coordenadora do Núcleo Pedagógico da disciplina de Língua Estrangeira Moderna (LEM) na Diretoria de Ensino Leste1, trabalhando com formação de professores.

SILVYA STUCHI MARIA-ENGLER

Professora Titular da Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Depto de Análises Clínicas e Toxicológicas USP. Graduada em Ciências Biológicas pela UNESP-IBILCE (1992), mestrado em Biologia Celular e Estrutural pela UNICAMP (1994) e doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela UNICAMP (1998). Cursou Pós Doutorado em Biologia Molecular pela Universidade da Califórnia, San Francisco (1998) e foi Professora visitante do Departamento de Dermatologia junto à Universidade de Michigan, Ann Arbor, USA em 2006. Representante titular junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia dos laboratórios associados à RENAMA desde 2012. Pesquisa a resistência a medicamentos alvo-dirigidos em melanoma. Desenvolve projetos de caracterização molecular de novas drogas anti-tumorais ou formulações de uso tópico em sistemas de peles artificiais e equivalentes dérmicos, gerando ambientes biomiméticos in vitro como plataforma de testes alternativos de eficácia e segurança.

SIMONE MARIA DE MORAES

Sou uma mulher negra, paulistana de nascença, mineira e baiana de coração. Atualmente sou docente do departamento de matemática da UFBA. Minha formação profissional foi toda em Matemática, doutorado na UNICAMP, mestrado na USP/São Carlos, especialização na USP, graduação na PUC/SP. Também fiz um estágio pós doutoral na universidade de Valencia na Espanha. Tenho 24 anos de docência em universidade federal, de 1996 a 2014 na Universidade Federal de Viçosa (UFV) e desde julho de 2014 na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em pesquisa meus trabalhos se inserem em uma interface entre as áreas de Geometria Diferencial, Teoria de Singularidades e Topologia, estudando curvas, superfícies e variedades diferenciáveis. Além disso, fui coordenadora do programa de pós-graduação em Matemática da UFV por quatro anos, orientei e oriento dissertações de mestrado e projetos de iniciação científica. Na área de ensino além de ministrar diversas disciplinas, tenho produzido materiais bibliográficos, atuado em projetos de capacitação docente e de iniciação a docência. Em extensão minhas atividades se concentram em olimpíadas cientificas de matemática e desenvolvimento, no município de Salvador, de um projeto de extensão de jogos africanos e matemática.

SOLAIMAN SHOKUR

Dr. Solaiman Shokur is an Afghan-born Swiss neuroengineer. In 2004, he obtained his master at the Polytechnique of Lausanne (Switzerland, EPFL) in computer science with a specialization in bio-inspired robotics. In 2013, he obtained his Ph.D. at the EPFL under the supervision of Prof. Bleuler (EPFL) and Prof. Miguel Nicolelis (Duke University). During this period he developed the first Virtual reality-based brain-machine interface for monkeys. His work contributed to understanding how the brain represents a new extension to the body. He is the co-author of several reference papers in the domain of Brain-machine interfaces and artificial sensory feedback, with publications in Nature, Science translational medicine, PNAS, and Scientific Reports. He was senior research coordinator of the Walk Again Project (WAP) at the AASDAP neurorehabilitation laboratory in São Paulo. Currently he is senior research at the Bertarelli Foundation Chair in Translational Neuroengineering in Geneva, EPFL. His work involves the development, and validation of new technologies to restore sensory-motor functions for patients with complete paraplegia and upper arm amputation.

SONIA GUIMARÃES

Possi graduação em Licenciatura Ciências - Duração Plena pela Universidade Federal de São Carlos, mestrado em Física Aplicada pelo Instituto de Física e Química de São Carlos - Universidade de São Paulo e doutorado (PhD) em Materiais Eletrônicos - The University Of Manchester Institute Of Science And Technology. Atualmente é Professor Adjunto IV do Instituto Tecnológico da Aeronáutica ? ITA do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial ? DCTA. Tenho experiência na área de Física Aplicada, com ênfase em Propriedade Eletroóticas de Ligas Semicondutoras Crescidas Epitaxialmente, atuou principalmente nos seguintes temas: crescimento epitaxial de camadas de telureto de chumbo e antimoneto de índio por difusão, processamento, obtenção e caracterização de dispositivos fotocondutores e sensores de radiação infravermelha. Professora de Física Experimental do 1º e 2º anos das engenharias: elétrica, computação, estruturas de aeroportos, mecânica de aviões, aeronáutica e aeroespacial.Tem experiência na área de Ensino de Física aplicando a Metodologia de Aprendizagem Baseada em Problemas/Projetos ? ABP (PBL em inglês), utilizando as ferramentas computacionais: Tracker, Arduino e Mathematica. E de Ensino de Física Experimental para Engenheiros, com ênfase em ensiná-los a escrever artigos científicos. Sou palestrante nos temas: incentivo às meninas para optarem por ciências exatas, tecnologias e engenharias em suas carreiras, revolução digital e as profissões do futuro, e empreendedorismo. Luta contra o racismo e discriminação de gênero, e palestras motivacionais para quem está sendo vítima destes crimes. Membra da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros - ABPN, do Grupo de Trabalho Equidade Racial em Física da Sociedade Brasileira de Física - SBF, Conselheira Fundadora da AFROBRAS, ONG mantenedora da Universidade Zumbi dos Palmares, Conselheira do Conselho Municipal Para a Promoção de Igualdade Racial - COMPIR, da prefeitura da cidade de São José dos Campos.

SORAYA SOUBHI SMAILI

Reitora da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Professora Titular do Departamento de Farmacologia da Escola Paulista de Medicina-UNIFESP. Graduada em Farmácia e Bioquímica pela Universidade de São Paulo (1985). Realizou Mestrado (1989), Doutorado (1995) e Livre-Docência (2005) pela Escola Paulista de Medicina, UNIFESP. Realizou pós-doutorados na Thomas Jefferson University (1997) e no National Institutes of Health (NIH) (1997-1999). Pesquisadora Visitante no NIH e fellow da Fogarty Foudation (2000). Estabeleceu e coordenou o Laboratório de Microscopia Confocal e o Laboratório de Sinalização e Morte Celular. Coordenou o Programa de Pós-graduação em Farmacologia da UNIFESP (2006-2012) e representou os docentes no Conselho Universitário da Unifesp entre 2000 a 2012. Foi Secretária Regional (2004-2008) da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Desde 2004 integra o Comitê Diretor (Board of Directors) da Sociedade Internacional de Morte Celular (International Cell Death Society ? ICDS). Foi membro do Diretorio Nacional da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES). É membro do Conselho Fiscal do Grupo Coimbra de Universidades (GCUB) e Membro do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT). Desenvolve projetos de pesquisa nas áreas de Neurociência, morte celular e autofagia com financiamentos FAPESP, CAPES, FINEP e CNPq. É bolsista produtividade CNPq nivel 1. Foi Reitora da Universidade Federal de São Paulo entre 2013-2017, sendo reeleita para o mandato 2017-2021

SUZAN PANTAROTO DE VASCONCELLOS

Farmacêutica, Mestre em Agronomia, Doutorado em Química, Pós-Doutorado em Biocatálise. Professora Associada na Universidade Federal de São Paulo, Campus Diadema, junto ao Departamento de Ciências Farmacêuticas. Na graduação, atua junto ao curso de Ciências Ambientais. Na pós-graduação é orientadora permanente nos Programas de Química, Ciência e Tecnologia da Sustentabilidade, e Biologia Química. Atualmente é Coordenadora da Câmara de Pós-graduação e Pesquisa do Campus Diadema.

SYLVIA HELENA SOUZA DA SILVA BATISTA

Professora Associada com formação em Psicologia (UFPA, 182-19860, Mestrado e Doutorado em Psicologia da Educação (PUCSP, 1991-1997), Livre Docente em Ensino em Ciências da Saúde (Unifesp, 2018) e Pós Doutoranda no King's College London, Florence Nightingale Faculty of Nursing, Midwifery and Palliative Care. Atua no Campus Baixada Santista/Instituto Saúde e Sociedade/Departamento Saúde, Educação e Sociedade, e tem como áreas de interesse a formação docente para o ensino superior em saúde, aprendizagem e formação em saúde. Nestes âmbitos realiza suas atividades acadêmicas (ensino, pesquisa, extensão) e publicações (artigos científicos e livros). É professora com inserção na graduação, na pós-graduação stricto sensu e na extensão. No campo da gestão acadêmica ocupou os cargos de vice-chefe do departamento Saúde, Educação e Sociedade (Campus Baixada Santista/Unifesp), vice-diretora e diretora Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo e atualmente, está como coordenadora pro tempore do Programa de Mestrado Profissional Ensino em Ciências da Saúde (CEDESS/ISS/Unifesp).

SYLVIA MARIA AFFONSO DA SILVA

Sou bióloga ambientalista, bailarina e comunicadora. Trabalhei no Instituto Botânico de São Paulo com educação ambiental para crianças e depois fui bolsista no departamento de Biofísica da Unifesp. Desde 2004 sou Bióloga da Unifesp com experiência em Fisiologia, Ciências de Animais de Laboratório e Neurociência. A partir de 2017 iniciei treinamentos na área de divulgação e jornalismo científico na Folha de S.Paulo e no Museu de Ciências de Londres. Desde 2018 sou co-fundadora da RedeComCiencia, a Rede Brasielira de Jornalistas e Comunicadores de Ciência e, atualmente, responsável pela comunicação da Agência de Inovação Tecnológica e Social da Unifesp, apoiando projetos que usam arte para explicar Ciência.

SÉRGIO AMAD COSTA

Sérgio Amad Costa é graduado em Administração pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e mestre em Ciência Sociais pela Universidade de São Paulo. Desde 1985 é professor de Recursos Humanos e Relações Trabalhistas nos cursos de graduação e pós-graduação da EAESP-FGV. É sócio diretor da AMAD Consultoria e Treinamento, atuando como consultor e instrutor de treinamentos, na área de gestão de pessoas, em empresas nacionais e internacionais.

SÉRGIO SCHENKMAN

Professor titular da Universidade Federal de São Paulo e membro da Academia Brasileira e Paulista de Ciências. Tem experiência na área de Bioquímica, Biologia Celular e Biologia Molecular, atuando principalmente em Parasitologia Molecular. Seus estudos foram importantes no entendimento da função de fatores de virulência de Trypanosoma cruzi, o causador da Doença de Chagas. Atualmente estuda os mecanismos de sinalização cellular e controle da expressão genica de Trypanosomas que são relevantes na infecção de seus diferentes hospedeiros.

TAIZA STUMPP

Professora Associada da Escola Paulista de Medicina e atual coordenadora do Programa de Aperfeiçoamento Didático (PAD) da UNIFESP.

TAMIRES GUIMARÃES DO NASCIMENTO

Tamires Nascimento é formada em Serviço Social pela Unifesp e pós-graduanda no Programa de Serviço Social e Políticas Sociais com dissertação sobre a presença e permanência das mulheres negras que estudam nesse mesmo programa de pós-graduação. É integrante do Núcleo de Estudos Reflexos de Palmares da Unifesp-Bs.

TAÁTA KWA NKISI KATUVANJESI (WALMIR DAMASCENO)

Taáta Kwa Nkisi Katuvanjesi (Walmir Damasceno), dirigente tradicional-espiritual-ancestral de Candomblé de Matriz Kongo-Angola, da Comunidade Tradicional de Matriz Africana Bantu de Terreiro, a Rodovia Armando Salles, 5205 - Recreio Campestre, na cidade paulista de Itapecerica da Serra. Nascido em 3 de março de 1963 na Fazenda Liberdade, zona rural do município de Barra do Rocha, região do Território Médio Rio das Contas, sul da Bahia. Iniciado no candomblé em 22 de setembro de 1974, fundador do Instituto Latino Americano de Tradições Bantu (ILABANTU), associação civil pública sem fins lucrativos, tornando-a como entidade mantenedora e conservadora do Nzo Tumbansi. É jornalista de profissão, bacharel em Direito e licenciado em Letras, especialista em Educação para Relações Étnico-Raciais, fortaleceu suas crenças e convicções na luta por Igualdade Racial no Brasil e luta por garantia de direito e respeito dos povos e comunidades tradicionais de matriz africanas de terreiros. Desde então, tem se dedicado à organizar e presidir pesquisas, conferências, encontros, seminários e palestras, nacionais e internacionais, para promoção da igualdade racial, valorização da história e da cultura africana e afro-brasileira e tornou-se árduo defensor e impulsionador na revalorização dos aportes culturais dos africanos e seus descendentes na diáspora, lutando pela visibilidade cultural e identitárias desses povos e seu legado em São Paulo em todo continente latino americano e caribenho. As ações a seguir demonstram o quanto tem colaborado para a efetivação desses direitos. 1.Coordenou e presidiu a I Conferência Internacional da Tradição e Cultura Afro, realizada dia 3,4 e 5 de outubro de 1994, do auditório Adoniran Barbosa – Centro Cultural São Paulo; 2.Idealizador, Coordenador e Presidente do I Encontro Internacional das Tradições Bantu no Brasil (Ecobantu), ano 2003, na Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo; 3.Coordenou e Presidiu o II Encontro Internacional das Tradições Bantu no Brasil (Ecobantu), dias 3,4 e 5 de setembro de 2004, no Parlamento Latino Americano-SP 4.Ministrou curso Religiões Afro Brasileiras no VIII e IV Seminário Internacional Acolhendo as Línguas Africanas na Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus I, com carga horária de 40 horas em cada certame, no ano de 2011 e 2012 5.Representante para América Latina e Caribe do Centro Internacional das Civilizações Bantu (CICIBA), Libreville, Gabão) www.cicibabantu.org 6.Coordenador Geral do Encontro Internacional das Tradições Bantu no Brasil (ECOBANTU), 23 de outubro de 2016, Galeria Olido/SP; 7. Coordenador Geral do I, II, III e IV Seminário Internacional de Comunidades Tradicionais Bantu e de Terreiros, sempre realizado no Nzo Tumbansi, em Itapecerica da Serra; 8. Coordenador Geral do IV ECOBANTU – Encontro Internacional das Tradições Bantu, realizado nos dias 4, 5 e 6 de maio de 2018, no Auditório Simón Bolívar – Memorial da América Latina, São Paulo; 9. É Cidadão Itapecericano, Titulo concedido pela Câmara Municipal de Itapecerica da Serra em 2018; 10. É Cidadão Paulistano, Titulo concedido pela Câmara Municipal de São Paulo em 2018. 11. Homenageado com Comenda Manoel Muniz de Oliveira pela Câmara Municipal de Barra do Rocha (Bahia) – 2018; 12. Membro da Comissão Participativa do 2ª Edição do Festival Internacional da Cultura Kongo "FestiKongo'2019", realizado de 5 a 9 de julho de 2019, Mbanza Kongo, capital espiritual e ancestral do Reino do Kongo, província do Zaire, República de Angola; 13. Membro/Imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo (ACLASP), ocupando a cadeira número 8 – Solano Trindade. 14. Titulo de Cidadão da Cidade de Salvador-Bahia Conferido pela Câmara Municipal de Salvador em 2/12/2019 15. Coordenador adjunto do Movimento Federalista Pan Africano - MFPA, na América Latina e Coordenador Executivo do Movimento Federalista Pan Africano no Brasil

TIAGO DA SILVA MEDINA

Possui graduação em Biomedicina (2006) e mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (2009) pela Universidade Federal do Pará. Concluiu sua tese de doutorado pelo programa de pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP no ano de 2014. Desenvolveu projeto de pós-doutorado no Princess Margaret Cancer Research Centre, em Toronto, Canadá, considerado um dos principais institutos de pesquisa nas áreas de oncologia e epigenética do mundo. Atualmente é Pesquisador Pleno II do AC Camargo Cancer Center, São Paulo, onde lidera o grupo de imunoepigenética do câncer.

TODOS OS PRÓ-REITORES DA UNIFESP

TÚLIO FRANCO

Doutor em Saúde Coletiva pela Unicamp, Pós-doutor pela Universidade de Bolonha-Itália. Professor do Instituto de Saúde Coletiva da UFF e Coordenador Nacional da Rede Unida.

VALÉRIA PETRI

Bacharel - Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo * (1973), MSci - Microbiologia e Imunologia (1981) *, PhD (1982) *. Presidente do Departamento de Dermatologia da Fed Univ São Paulo desde 1996. Experiência em Dermatologia Geral, com foco em doenças infecciosas, psoríase, jovens com vitiligo (adolescentes) e doenças dermatológicas da mulher (climatério, menopausa). Ensino de Dermatologia no nível PG, enfocando políticas públicas para uma melhor qualidade da atenção à saúde pública. Vice-reitora da UNIFESP (Gestão 2013-2017)

VIRGINIA JUNQUEIRA

Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (1973), mestrado em Medicina Preventiva pela Universidade de São Paulo (1991) e doutorado em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2004). Pós doutorado em Economia Política da Saúde pela Faculdade de Saúde Pública da USP em 2016-17. Atualmente é professora associada da Universidade Federal de São Paulo, campus Baixada Santista. Atua principalmente nos seguintes temas: gestão, financiamento do SUS, planejamento em saúde, políticas públicas de saúde, formação em saúde.

VITÓRIA LOUISE ALVES MONTEIRO

Estudante de Pedagogia da Universidade Federal de São Paulo, coordenadora geral do Diretório Central dos estudantes da UNIFESP e diretoria de assistência estudantil da União Estadual dos Estudantes de São Paulo

VIVIANE CEOLIN DALLASTA DEL GROSSI

Mestra em Direitos Humanos pela Universidade de São Paulo. Defensora Pública Federal, atualmente na função de Defensora Regional de Direitos Humanos no estado de São Paulo. Participa do Grupo de Trabalho em prol das pessoas em situação de rua da Defensoria Pública da União.

VIVIANE CRISTINA MARQUES

Mestranda em Educação na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), estudante de Design Educacional na Unifesp; Professora de Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Campinas.

WAGNER ROMÃO

Professor do Departamento de Ciência Política da Unicamp, presidente licenciado da ADunicamp, co-coordenador do Núcleo de Pesquisa em Participação, Movimentos Sociais e Ação Coletiva - Nepac/Unicamp

WALTER TEIXEIRA LIMA JUNIOR

Interdisciplinary researcher on Technology, Communication, and Artificial Cognitive Systems. Post-doctorate Man-computer symbiosis in the Mechatronics Engineering Department at Polytechnic School of University of Sao Paulo (USP) and post-doctorate in Cognitive Systems and Communication at the University of Aveiro (POR); Ph.D. in Social Communication by University of São Paulo (USP). Current professor in the Communications, Culture, and Amazon Postgraduate Program at Federal University of Pará (UFPA)and professor in the Interdisciplinary Professional Masters Program in Technological Innovation at the Federal University of Sao Paulo. Former Chief of Staff at Federal University of Amapa (Unifap). Former head of the Press Office of the University of São Paulo (USP). The current director of the Institutional Communication Department at the Federal University of Sao Paulo.

WANDERSON EDUARDO GOMES DE SOUZA COELHO

Graduado em Enfermagem pela Unifesp. Especialista em Controle de Infecção Hospitalar pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Escola Paulista de Enfermagem da Unifesp. Membro do Grupo de Pesquisa CNPq: Epidemiologia, Revisão Sistemática e Modelos Matemáticos em Saúde. Atualmente trabalha no Serviço de Controle de Infecção da Comissão de Epidemiologia Hospitalar do HU/HSP- Unifesp.

WILSON BRITTO ABREU

Economista da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego de Diadema, Coordenador do Polo Cosmético de Diadema e Região, Especialista em Gestão de Cidades, Mestre em Políticas Públicas - UFABC